raças de cavalo

Raças de Cavalo: conheça os principais equinos do Brasil

eficiencia bezerros

O mercado de equinos no Brasil movimenta R$ 16,5 bi por ano e gera 3,2 milhões de empregos, segundo estudo da Esalq-SP. Além destes impressionantes números, as inúmeras raças de cavalo trazem diferentes características que encantam especialistas, criadores, investidores e curiosos.

Nesse post separamos as principais raças de cavalo que são criadas no Brasil e são responsáveis pelo sucesso dos equinos por aqui.

Cavalo Crioulo

Os cavalos crioulos são descendentes diretos das raças espanholas Andaluz e Berbere, que foram trazidas para a América do Sul por volta de 450 anos atrás. Desde então, a maioria deles passou a viver livremente pelas terras da Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Peru e sul do Brasil. 

Foi através das extremas adversidades encontradas no solo sul americano que esta raça se originou. Lá, os antepassados do cavalo crioulo enfrentaram temperaturas extremas, secas infindáveis e dificuldades para se alimentarem. Porém, estes obstáculos ajudaram a desenvolver resistência e rusticidade, características que vemos nesta raça tão primorosa.

Por terem se desenvolvido em um meio tão agressivo, cavalos crioulos foram moldados pela natureza, através da seleção natural. Assim, eles ostentam características praticamente exclusivas dentre os demais equinos.

Leia mais sobre o Cavalo Crioulo aqui.

Cavalo Quarto de Milha

Os cavalos Quarto de Milha surgiram nos Estados Unidos em 1600, sendo a primeira raça a ser desenvolvida na América. Originários de raças de cavalo da Arábia e Turquia, os Quarto de Milha resultaram do cruzamento entre garanhões dessas raças com éguas da Inglaterra. Gerando assim, cavalos compactos, com músculos fortes, versáteis e com o poder de correr distâncias curtas com mais velocidade do que qualquer outra raça.

A raça chegou ao Brasil em meados de 1955, quando a Swift-King Ranch (SKR) importou seis cavalos dos EUA para o país, vindos da matriz norte-americana, a famosa King Ranch, no Texas, a maior fazenda dos Estados Unidos. 

Possuidores de uma altura média de 1,52 metros, uma cabeça pequena e um corpo forte, os Quarto de Milha possuem como principal característica a versatilidade, podendo executar funções atléticas nas mais variadas modalidades. Eles ostentam, assim, características praticamente exclusivas dentre os demais equinos. Conheça mais sobre cada uma delas abaixo.

Leia mais sobre o Cavalo Quarto de Milha aqui.

Cavalo Campolina

O Cavalo Campolina Essa raça miscigenada de equino teve origem no Brasil, no ano de 1870. E isso se deu por iniciativa de seu criador, Cassiano Campolina, que queria ter um cavalo de grande porte ágil, forte, belo e resistente para não perder suas cavalhadas.

Ele, então, conseguiu atingir seu objetivo quando recebeu um presente, enviado por Dom Pedro II: uma égua chamada Medeia, que estava prenha da raça Andaluz. O potro recém nascido dessa relação, veio a se chamar Monarca. E, apesar de algumas informações divergentes sobre o local de seu nascimento, o mais provável seria em Entre Rios de Minas/MG.

Sendo um cavalo de grande porte, sua altura média varia de 1,58m para os machos e 1,52 para as fêmeas. Mas, em alguns casos, chegam medir até 1,75 m de altura. 

Além da lida com o gado, a raça pode ser usada, também, para o lazer e para o esporte. O que a torna uma raça multitarefa, sendo eficiente em vários campos.

Leia mais sobre o Cavalo Campolina aqui.

A equipe do Tecnologia no Campo está em constante produção de conteúdos sobre novas raças de cavalo! Comente sobre qual você quer saber mais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.