raça de cavalo shire

Conheça a raça Shire, um dos mais belos cavalos do mundo!

Presente no imaginário popular, o cavalo Shire é ícone dos filmes e séries que retratam a vida dos cavaleiros medievais.

Originário das terras inglesas, essa raça foi capaz de participar de guerras e, posteriormente, de sustentar parte da indústria e agricultura do século XVI. Isso se deu tanto pelo porte grande e atlético quanto pela sua elegância.

Se você se interessou pelo cavalo Shire, acompanhe a leitura do texto para conhecer melhor suas peculiaridades!

A origem do cavalo Shire

O nome da raça é originário do interior da Inglaterra, dos “shires” (ou condados, em português), onde a raça foi desenvolvida. Supõe-se que o Great Horse Britânico — usado comumente nas batalhas medievais — foi o ancestral da raça Shire.

Além disso, é possível que a raça Flemish (que possui pêlos longos nas pernas) tenha participado da origem do cavalo Shire. No entanto, eles foram usados primariamente para procriação de cavalos de tamanhos maiores para outros de tamanhos menores.

Antes que as máquinas tomassem lugar como a principal fonte de tração da indústria, os cavalos Shire foram usados por conta de sua enorme força. Criado por conta do seu tamanho, força e docilidade, o cavalo Shire foi usado extensivamente para puxar carros com cervejas de cervejarias para os pubs da Inglaterra. 

Antes da Primeira Grande Guerra Mundial, esses gigantes cavalos eram usados principalmente nas fazendas, puxando vagões e trabalhando nos campos das propriedades agropecuárias. Quando o carvão se tornou um recurso extremamente importante de calor e luz, a raça Shire se tornou o principal transporte de grandes vagões de carvão por longas estradas.

Entretanto, agora que a força desses cavalos não é mais necessária para esses fins, os Shire estão começando a entrar em perigo de extinção no Reino Unido, Estados Unidos da América e Canadá.

Apesar do perigo de extinção, hoje em dia os cavalos da raça Shire ainda são extremamente populares, principalmente no Reino Unido, onde são usados para transportar turistas em carroças pelas cidades. Além disso, muitos entusiastas de cavalos gostam de cavalgar essa raça por puro prazer.

Características principais da raça Shire

Algumas qualidades são importantes para conseguirmos parametrizar as raças dos animais. Portanto, reunimos aqui as principais características da raça Shire para você, como produtor, decidir se quer virar um criador desse magnífico cavalo.

Tamanho da raça Shire 

O cavalo Shire é o maior de todas as raças de cavalo, variando de 1,62 m a quase 1,83 m, em média. Entretanto, é possível que alguns Shires consigam chegar a até 1,93 m de altura. 

Peso

O peso da raça Shire pode variar entre 816 kg a 1088 kg, em média.

Pelagem 

Os cavalos da raça Shire normalmente possuem pelagem preta, baia, cinza ou marrom. Segundo os padrões britânicos sobre a raça, a pelagem acastanhada não é aceita para classificar essa raça.

E, apesar de esses cavalos possuírem, muitas vezes, pêlos faciais brancos e manchas nas pernas, manchas brancas em excesso não são desejáveis para essa raça.

Peculiaridades da raça Shire

Como já foi mencionado anteriormente, as características mais marcantes do cavalo Shire são sua altura imponente e sua força. Inclusive, alguns dos registros mais notáveis sobre a raça relatam que alguns cavalos da raça Shire conseguiram puxar um carregamento de mais de 45 toneladas.

Além disso, sua natureza dócil também é marcante, apesar de sua imponência e força. Eles são tão tranquilos que sequer se assustam facilmente com pessoas desconhecidas ou animais. Isso pode ser uma característica herdada dos ancestrais da raça, que permaneciam inabaláveis até mesmo durante uma batalha. 

Mas não é apenas nisso que a raça se destaca, existem algumas peculiaridades que iremos observar nos parágrafos seguintes. Acompanhe o restante do texto e entenda!

Cuidados na dieta

Os cavalos da raça Shire devem ter uma dieta baseada em feno de boa qualidade, grãos, vegetais e frutas. Além disso, eles precisam de mais comida e água que outros equinos (para que mantenham um peso corporal saudável). 

Alguns veterinários recomendam dietas hipercalóricas para evitar a miopatia por acúmulo de polissacarídeos (PSSM) — uma condição que pode causar espasmos nas pernas traseiras.

Principais problemas comportamentais e de saúde

Os cavalos da raça Shire normalmente são bastante saudáveis e com um comportamento bastante tranquilo e dócil. Entretanto, a raça é propensa a apresentar linfedema crônico (neste caso, progressivo). Trata-se de uma doença na qual as pernas incham gradualmente, mas que pode ser tratada para diminuir sua progressão. 

Além disso, apesar da miopatia por acúmulo de polissacarídeos não ser tão comum assim nos cavalos da raça Shire, alguns equinos podem experienciar alguns episódios de inchaço, cãibras e espasmos sem, necessariamente, ter PSSM.

Escovação nas patas

A pelagem ao redor das pernas do cavalo da raça Shire requer escovação e limpeza regulares para evitar irritação e infecção da pele. Também é importante secar completamente os pêlos após o banho, pois a pele úmida pode gerar bactérias e fungos. 

Além desses requisitos, os cavalos Shire recebem uma escovação equina padrão. Para realizar esses procedimentos, o cuidador irá necessitar de um banco ou uma escada relativamente grande para alcançar todas as áreas do corpo do animal.

Cavalos Shire famosos

Um dos cavalos da raça Shire mais famosos foi o majestoso Golias, que morreu em 2001. Com mais de 19,5 palmos de altura, ele era o cavalo mais alto da Grã-Bretanha na época. Ele também foi reconhecido como o cavalo vivo mais alto do mundo no livro dos Recordes Mundiais, o ‘Guinness’, no ano de 2000. Era um lindo cavalo preto reconhecido por seu comportamento. Golias fazia parte de uma equipe de cavalos de exibição pertencente à cervejaria Young and Co.

Apesar do Golias ter sido o mais famoso entre os cavalos Shire modernos, o maior cavalo de todos os tempos pode ter sido um Shire nascido em 1848, chamado Mammoth. Ele tinha mais de 2,13 m de altura e pesava cerca de quase 1.500 kg.

O cavalo de Shire é ideal para você?

Embora tenham um tamanho enorme, os cavalos da raça Shire são facilmente manejáveis, mesmo para produtores ou cavaleiros inexperientes. 

Apesar do montador precisar de uma ajudinha para subir em sua garupa, são animais consideravelmente seguros, que costumam oferecer uma viagem tranquila. Os cavalos Shire raramente empinam ou resistem e, como dito anteriormente, não se assustam facilmente. Eles, no geral, gostam de agradar seus donos e são fáceis de treinar.

No entanto, um Shire é uma raça bastante cara de se manter. Isso pois, devido ao seu tamanho, requer mais alimento do que a maioria das outras raças de cavalos. Outro ponto a ser considerado é que, para montar no Shire, os proprietários precisam comprar tachinhas feitas sob medida, já que o equipamento produzido em massa simplesmente não vai caber. 

No mais, se você tiver tempo e meios para cuidar desse cavalo, ele pode se tornar um companheiro de qualidade. Trata-se de um cavalo extremamente belo e hábil para qualquer trabalho. Apesar de não termos muitos exemplares no Brasil, ele pode ser uma belíssima aquisição para sua produção ou, até mesmo, para exibição e transporte de pessoas!

Se você gostou desse conteúdo e gostaria de entender melhor sobre a criação de equinos, dê uma olhada no nosso texto sobre potros e maximize a sua criação com dicas essenciais de cuidados com os equinos desde a infância.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.