guzolando

Guzolando: tudo sobre o cruzamento entre o guzerá e o holandês

Tecnologia no Campo

A melhoria genética é um dos temas mais abordados quando se fala de pecuária atualmente. Com o desenvolvimento da pecuária digital e de técnicas como IAFT e Inseminação artificial em bovinos, novas raças de gado foram surgindo. Daí veio o Guzolando.

Resultado do cruzamento entre o guzerá e o holandês, a raça de gado guzolando tem aptidão leiteira, mas não fica pra trás quando falamos da pecuária de corte.

Separamos esse artigo para essa raça tão especial que tem crescido muito no Brasil. Aqui vamos ver:

  • Sobre o Guzerá
  • Sobre o Holandês
  • Características e vantagens do Guzolando

Sobre o Guzerá

O Guzerá é uma raça zebuína de origem indiana. E raça, quando comparada à outras raças, o Guzerá se mostra com grande aptidão em ganhar peso com menos investimento. Essa característica, junto à sua rusticidade, dá ao Guzerá uma aptidão grande à pecuária de corte.

Mesmo assim, pesquisas mostram que o leite produzido pelas vacas leiteiras Guzerá são de muita qualidade. Além de produzir um leite que não causa alergia ao ser humano, o leite do Guzerá contém uma baixa contagem de células somáticas (CCS).

Uma característica muito importante do guzerá é sua versatilidade. Por ser apto tanto para a pecuária de leite quanto para a pecuária de corte, essa raça é muito usada em cruzamentos.

Sobre o Holandês

O gado holandês é líder na produção de leite. Com um úbere com boa capacidade e formatação, a raça é referência na pecuária leiteira.

Já que é referência na produção de leite, as questões zootécnicas têm que ser levado em conta muito seriamente quando falamos dessa raça. Pensando nisso, os custos da produção podem se elevar.

Por sua capacidade de produção de leite tão elevada, é muito famosa por, junto à raça Gir, formar o cruzamento do Girolando.

Características e Vantagens do Guzolando

O Guzolando é um dos cruzamentos mais indicados para o gado leiteiro (Guzerá + Holandesa). Esses animais conseguem se manter férteis e produzir leite por um longo período de tempo.

Unindo vantagens das duas raças, a forte aptidão à produção de leite é característica do Holandês, e a sua rusticidade e aptidão à produção de carne vêm do Guzerá.

Produção leiteira

Segundo a Associação dos criadores de Guzerá e Guzolando do Brasil, uma Guzolando tem condições de produzir cerca de 25 a 30kg de leite por dia quando em confinamento e até 10 kg quando criados exclusivamente no pasto.

O que chama mais atenção é que essa á quantidade média produzida por uma vaca Holandesa, que apresenta um custo até 100% maior para a produção leiteira quando comparada ao gado Guzolando. Essa vantagem aparece graças às características herdadas do Guzerá.

Outro ponto muito importante é a qualidade do leite. E nesse ponto o Guzolando não fica nenhum pouco atrás, segundo a ACGB o leite da raça contém maior percentual de sólidos totais e alelo B da Kappa-Caseína. Esse diferencial resulta em um tempo mais curto de coagulação para preparos de queijos, além de rendimentos até 12% maiores.

Custos

Resumindo: quando juntamos a excelente aptidão com leite da raça Holandesa, com a fácil adaptção a diferentes ambientes do Guzerá alcançamos Leite de qualidade e barato.

Até o processo que origina os filhotes, sendo por monta natural ou inseminação, tendo as fêmeas guzerá, se torna mais barato. Ainda Segundo a ACGB, as vacas Guzolando são produtivas por 14 anos ou mais, e podem ter seus bezerros vendidos, já que podem ser aproveitados no mercado.

Ainda está na dúvida se deve investir na raça Guzolando? Fale conosco!

Como produzir Guzolando?

Segundo a ACGB, o Guzolando pode ser formado por diferentes combinações, sendo alguma delas:

  • 50% Holandês + 50% Guzerá;
  • 25% Holandês + 75% Guzerá;
  • 75% Holandês + 25% Guzerá;
  • 62,5% Holandês + 37,5% Guzerá.

Confira o fluxograma montado pela Associação:

Custos

Resumindo: quando juntamos a excelente aptidão com leite da raça Holandesa, com a fácil adaptção a diferentes ambientes do Guzerá alcançamos Leite de qualidade e barato.

Até o processo que origina os filhotes, sendo por monta natural ou inseminação, tendo as fêmeas guzerá, se torna mais barato. Ainda Segundo a ACGB, as vacas Guzolando são produtivas por 14 anos ou mais, e podem ter seus bezerros vendidos, já que podem ser aproveitados no mercado.

cruzamentos guzolando
cruzamentos guzolando

Ainda está na dúvida se deve investir na raça Guzolando? Fale conosco!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

1 Comentário

  1. A raça de gado guzolando é o futuro da pecuária tanto de leite e carne
    Eu queria saber mais notícias sobre a o guzolando e suas funcionalidades

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.