Simental: saiba tudo sobre a raça com dupla aptidão e precoce

Simental: saiba tudo sobre a raça com dupla aptidão e precoce

Tecnologia no Campo

Entender sobre as diversas raças de gado disponíveis no mercado é uma obrigação para o produtor rural antenado que quer sempre ter mais resultados com sua propriedade. Preparamos esse artigo sobre a raça Simental, uma raça de dupla aptidão muito comum no estado de São Paulo aqui no Brasil.

A melhoria genética das raças tem se tornado cada vez mais comum, já que diversas técnicas, como a FIV e IATF, ajudam os produtores a gerar mais ganhos com a produção leiteira e de carne.

Nesse artigo sobre a o Simental você vai ver:

  • História do Simental
  • Simental no Brasil
  • Características
  • Linhagens da Raça Simental
simental

Fonte: American Cowboy Chronicles

História do Simental

A raça Simental é originária da Suíça desde a idade média. Por ser proveniente da região do vale do rio Simen, teve seu nome derivado justamente daí.

O gado de dupla aptidão chamou atenção de produtores de outros países da europa. No começo, para evitar que o gado deixasse o país, o governo suíço aumentou as taxas de exportação da raça.

Com isso, alguns países da região interessados na raça, como Áustria, Itália, França e Alemanha, naturalizaram animais com genótipos do tal, desenvolvendo linhagens próprias da raça.

Depois de tanto sucesso, a Simental se tornou uma raça cosmopolita (que não se limita à regiões específicas e está presente em todos os continentes.

Simental no Brasil

O Simental chegou ao Brasil em 1904. Importados pela Secretaria de Estado da Agricultura de São Paulo, esses animais foram trazidos para fomentar a pecuária no estado de São Paulo.

Em 1963, diante do esforço de promover a raça no Brasil, liderado pelo Sr. Agostinho Caiado Fraga, foi fundada a ABCRS (Associação Brasileira de Criadores da Raça Simental). Desde então, a Associação luta para orientar os acasalamentos buscando valores adaptativos, procurando manter bom nível de produção de carne e leite.

A partir de 1970, foi intensificada a importação de animais, sêmen e embriões Simental provindos de diferentes países. Com isso, vem sendo facilitada a formação das atuais famílias e linhagens existentes. Em decorrência dessa variabilidade de linhagens, a raça encontra-se hoje difundida em todo o território brasileiro.

Características do Simental

O Simental é uma raça de dupla aptidão, se destacando tanto na produção de carne como na produção de leite. Uma característica que atrai o interesse dos produtores na raça é a precocidade produtiva, reprodutiva e de crescimento da raça.

Uma curiosidade interessante sobre o Simental é que a raça foi a primeira utilizada para Transferência e Bi-Partição de Embriões e Fecundação in Vitro. Além disso, o primeiro clone produzido no Brasil é oriundo da raça Simental. Tais fatos demonstram a economicidade que a raça proporciona.

A carne produzida na pecuária de corte é uma carne macia e marmorizada, com gordura entremeada às fibras, conferindo um alto sabor.

Com relação ao leite produzido, vale ressaltar o teor de sólidos totais, fato comprovado nas exposições nas quais a raça se confrontou com outras. Outro ponto é o baixo número de células somáticas, conferindo integridade ao úbere com maior vida produtiva.

No Brasil, é mais utilizada visando cruzamentos, principalmente com animais da espécie zebuína, proporcionando excepcional adaptabilidade, vigor e habilidade materna. Na região paulista, o cruzamento Simental Nelore pode ser considerado muito comum.

A cor simental varia de ouro a vermelho com branco, e pode ser uniformemente distribuída ou claramente definida em manchas em um fundo branco. A cabeça é branca e muitas vezes aparece uma faixa branca sobre os ombros. A maioria tem pigmento ao redor dos olhos, ajudando a reduzir os problemas oculares que ocorrem na luz solar intensa.

Simental pode ter chifre ou não. Eles têm um grande quadro com boa musculatura, com vacas de aproximadamente 135-150cm de altura e os touros a 150-160cm. Seu peso pode variar com o uso de seu uso, mas as vacas podem pesar cerca de 700-900kgs e touros 1300kgs.

Gerações de criação seletiva, com o objetivo de maximizar a produção de leite e carne bovina a um custo mínimo, criaram um defensor hereditário balanceado, altamente adaptável, musculoso, fino e bem conformado. A docilidade e os bons traços maternais são outras características da raça.

Resumindo, algumas características da raça são:

  • Alta fertilidade a longo prazo
  • Longevidade
  • Facilidade de parto
  • Intervalos curtos entre o parto
  • Excelente habilidade maternal
  • Boa capacidade de pastoreio
  • Maturidade precoce
  • Boas taxas de crescimento
  • Fácil de lidar
  • Uniformidade no tipo e cor

Linhagens da Raça Simental

Linhagem Simental Suíça

Esta linhagem é composta de animais compactos e rústicos, sexualmente precoces, de tamanho moderado, apresentando grande eficiência de conversão alimentar e alta produção de leite.

Os animais suíços resultam de forte homogeneidade (consangüinidade), com muita prepotência nos acasalamentos e seus exemplares foram utilizados desde o início da formação do Simental Brasileiro.

Linhagem Simental Austríaca

Foi introduzida sob interesse comercial direto com a Suíça. Na Áustria, logo se diversificou uma particular linhagem que atende muito bem aos objetivos de leite e carne.

Os animais têm o corpo profundo, apresentando ampla capacidade digestiva e respiratória e muito boa caracterização racial.

Linhagem Simental Alemã

Também conhecida com o nome de Fleckvieh. Esta linhagem foi também selecionada para dupla aptidão, apresentando alta taxa de crescimento, com evidência de muita musculosidade, sendo a linhagem com o maior número de exemplares no Brasil.

Linhagem Simental Francesa

Os animais da Raça Simental foram adaptados aos diversos micro-climas da França a partir de exemplares originários da Suíça, desenvolvendo-se os subgrupos Montbéliard, mais voltada à produção de leite e Abondance e Pie Rouge de Lést, com maiores tendências à produção de carne.

Linhagem Simental Canadense

Quando da introdução da Raça Simental no Canadá, seus criadores optaram pelo uso na reprodução de animais de grande estatura corporal. Esta linhagem apresenta o pêlo curto e os exemplares, além de compridos, são os de maior peso, entre todas as linhagens disponíveis, sendo usado exclusivamente para melhoria da pecuária de corte.

Atualmente, os criadores selecionam seus animais buscando um menor frame, evidenciando maior precocidade e também maior rendimento de carcaça.

Linhagem Simental Americana

Ao ser introduzido nos EUA, o Simental rapidamente disseminou-se, absorvendo e compondo cruzamentos com diversas outras raças, principalmente no Sul dos Estados Unidos, tendo finalidade exclusiva de melhoria da pecuária de corte, incrementando a velocidade de conversão e qualidade da carne.

Por meio de cruzamentos, foram obtidos naquele país, animais mochos e também exemplares de coloração preta, dando origem ao Black Simental.

Linhagem Simental Sul Africana

Tem sua origem, fundamentada basicamente na linhagem alemã. É composta de animais de um frame menor, evidenciando uma maior precocidade produtiva e reprodutiva.

Foi selecionada, visando obter animais com maior adaptabilidade, principalmente em relação a condições de alta temperatura e alta radiação, buscando assim animais com maior teor de pigmento e com pêlo curto.

Ordenha: tudo que você precisa saber para um processo eficiente
8 tecnologias que mudaram as atividades no campo
Agrishow 2019: o que esperar dessa edição do evento
MAIS PUBLICAÇÕES