Criadores de búfalos no Brasil: a história da Fazenda Rio Pardo

Criadores de búfalos no Brasil: a história da Fazenda Rio Pardo e suas dicas de manejo

Criadores de búfalos no Brasil: a história da Fazenda Rio Pardo e suas dicas de manejo

Fazenda Rio Pardo

Os búfalos são bovinos que têm tido uma presença cada vez maior no Brasil. O animal, que tem características específicas que, em alguns casos, até superam as características dos bois, já tem diversos criadores em solo brasileiro.

Pela importância desses bovinos e pelas possibilidades que ainda têm a serem exploradas, o Tecnologia no Campo, em parceria com a Fazenda Rio Pardo, fez esse conteúdo especial sobre a criação de búfalos no Brasil.

O conteúdo foi feito com base em uma entrevista com especialistas da fazenda.

criadores de búfalos

Premissas para criação de búfalos na Fazenda Rio Pardo

Em razão da origem de nossa marca, temos uma preocupação real com o bem estar de nossas búfalas, que se mostra em práticas de rotina de manejo, tais como:

  • a. pasto pré parto
  • b. aleitamento materno
  • c. água limpa, sombra, pastagem rotacionada e irrigada
  • d. manejo com tranquilidade
  • e. pré sala de ordenha com ventiladores e vaporização para conforto térmico
  • f. música clássica na sala de ordenha (temos a seleção do que elas estão no momento escutando disponível no Spotify)
  • g. ordenha com o bezerro ao pé
  • h. não moxamos nenhuma de nossas búfalas por respeitar suas características naturais.

Acreditamos nessas premissas, embora o manejo em razão dessas escolhas seja muito minucioso e requeira mais atenção de nossos funcionários.

A Fazenda Rio Pardo e suas dicas de manejo

Dentro os diversos criadores de búfalos no Brasil, temos a fazenda Rio Pardo como uma das maiores referências. Com sucesso confirmado desde o século passado, a fazenda tem muita experiência na criação e na genética desses bovinos.

Por isso, aqui vão alguns conselhos para a criação de búfalos, de acordo com especialistas da fazenda e suas experiências.

“O manejo que optamos por desenvolver tem como inspiração as nossas premissas trazidas previamente. No que tange a alimentação, buscamos alimento de qualidade e quantidade adequada.

A composição de nossas pastagens é feita com o MG4 e o MG5 para as áreas intensivas e o convert e a mombaça para as pastagens deferidas, bem como irrigação com semeadura de aveia.

Iniciamos um projeto de irrigação de nossas pastagens com a implementação do sistema rotacionado.

Assim, no verão usamos o pasto rotacionado, e no inverno fazemos o semi confinamento, se necessário for de acordo com as chuvas.

Utilizamos a silagem com cana de açúcar e inserimos suplementação alimentar com concentrado a base de subprodutos.

Fazemos a gestão das informações com coleta de dados a partir de caderno de campo, utilizamos um quadro reprodutivo e de crescimento bastante visual e alimentamos um programa de gestão de dados com acesso a inúmeros relatórios.

Realizamos a monta natural com touros, realizamos também a técnica de inseminação artificial IATF e fazemos fertilização in vitro há 3 anos.

Fazemos a comunicação de cobertura e nascimento para a Associação Brasileira de Criadores de Búfalos para obtenção do registro provisório e posterior registro definitivo de todo o rebanho.

Acreditamos que uma entidade representativa de nossa pecuária é essencial para o fortalecimento de nosso setor, assim desde 1980 registramos os nossos animais na ABCB.

A higienização de nossa ordenha é feita com pré dipping, mas não fazemos pós dipping, porque os bezerros ficam com suas mães após a ordenha.

Temos, atualmente, uma instalação de ordenha com duplo seis, estruturada em uma construção dos anos de 1800, que, adaptada, se transformou em nossa atual ordenha. Mesmo assim, planejamos para uma nova estrutura que será adequada e mais confortável para as búfalas.

Com a pastagem irrigada e rotacionada planejamos duplicar o rebanho, quando faremos uma nova instalação para atendimento dessa nova estrutura de ordenha.”

Ficou interessado na produção de búfalos para a sua propriedade e quer entender melhor os primeiros passos?

Fale conosco!

Búfalos

Laticínio Almeida Pardo e sua História

As primeiras búfalas chegaram à Fazenda Rio Pardo em 1980 exclusivamente com a intenção de alimentar aos filhos.

Com a convivência diária com as búfalas, Dna Maria Cecília e os filhos se apaixonaram pelas características da personalidade das búfalas. Curiosas, sensitivas, inteligentes, mansas, dóceis e muito tranqüilas, as búfalas foram aumentando rapidamente.

Afinal de contas possuem alta fertilidade, do leite que os filhos tomavam diariamente, foi-se desenvolvendo as primeiras receitas de queijos na cozinha da casa da fazenda pelas mãos da pessoa que veio a se tornar o braço direito do que se tornaria o Laticínio de búfalas Almeida Prado, a Sra Terezinha.

Quando percebeu com o convívio diário os diferenciais que as búfalas proporcionavam, Dna Maria Cecília buscou informações em universidades e iniciou um programa de informatização para o controle de dados acompanhado de uma precoce seleção genética.

Já em 1985 os primeiros queijos eram feitos na primeira fábrica dentro da Fazenda Rio Pardo e distribuídos aos amigos e aos primeiros clientes que estavam próximos à região da fazenda. Em 1990 foi feita a primeira ampliação da primeira fábrica de queijos.

No ano de 2000, houve o ingresso no Programa de Certificação da Associação Brasileira de Criadores de Búfalos, Selo de Pureza e iniciamos as primeiras parcerias com fornecedores de leite da região. Em 2005 chegamos à cidade de São Paulo e estreamos em importantes redes e restaurantes locais, fizemos também a nossa primeira viagem à Itália.

O tempo passou, os produtos passaram a ser reconhecidos pelo alto valor de qualidade diferenciada e nos planejamos para estruturar uma nova planta, pronta, inclusive para exportação.

Inauguramos em 2013, depois de 4 anos de muita dedicação, com uma estrutura ampla, arejada e com maquinários vindos da Itália. Em 2013, também obtivemos aprovação para venda nacional através do SIF.

Em 2014 inauguramos o nosso Centro de Distribuição na cidade de São Paulo com expressiva expansão da nossa rede de fornecedores. Conseguimos desenvolver uma equipe comercial apaixonada pelas búfalas, conhecedora do que é um queijo de búfala de alta qualidade e engajados em nossa causa.

Conseguimos levar diariamente produtos frescos para os diversos pontos de venda em razão de um sistema de distribuição rápido e descomplicado.

Hoje completamos 37 anos e estamos posicionados nos melhores e mais importantes pontos de venda da cidade de São Paulo, nos tornamos referência da alta gastronomia e chegamos a um nível de sofisticação que 8 produzimos diversos tipos de burratas diferentes de acordo com as necessidades dos chefs dos restaurantes que atendemos.

Estabelecemos parcerias com nossos fornecedores de leite para que tenham um manejo adequado ao padrão de qualidade de leite que temos em nossa fazenda.

Ao longo dessa jornada de 37 anos superamos inúmeros desafios e ainda, diariamente, enfrentamos muitos outros, mas chegamos até aqui com muita dedicação e respeito às búfalas.

Ordenha: tudo que você precisa saber para um processo eficiente
8 tecnologias que mudaram as atividades no campo
Agrishow 2019: o que esperar dessa edição do evento
MAIS PUBLICAÇÕES
2019-06-11T23:58:26+00:00 0 Comments

About the Author:

Tecnologia no Campo

Leave A Comment