colheita da soja

Colheita da Soja: Aprenda a realizar a Colheita da Soja de maneira eficiente!

Atualmente, o Brasil se tornou o maior produtor de soja do mundo, superando os Estados Unidos. De acordo com o levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra de soja no Brasil alcançou a marca de 123,2 milhões de toneladas, sendo essa a maior quantidade da história. Por isso, é importante que os produtores se dediquem para realizar a colheita da soja de forma eficiente.

O ciclo de produção da soja exige alguns cuidados para garantir a boa produtividade do grão no momento da colheita. É necessário, por exemplo, que o produtor esteja preparado para lidar também com as possíveis pragas na soja. Isso porque elas podem prejudicar a qualidade do produto final.

Sendo assim, é importante se planejar para que a soja seja colhida de maneira eficiente, garantindo uma boa rentabilidade. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

Como realizar a colheita da soja?

O processo de colheita da soja é um dos momentos do cultivo que exigem mais atenção do produtor. Isso porque se a colheita dos grãos não for realizada no momento certo, isso pode acarretar na redução da produtividade, e consequentemente, num menor preço do produto final no mercado.

As condições de chuva em excesso, por exemplo, podem fazer com que os grãos mofem ou criem brotos dentro das vagens. Portanto, é fundamental que a colheita seja planejada com antecedência, para evitar que a soja fique exposta às condições climáticas que possam prejudicar a sua qualidade. Além disso, as máquinas devem estar devidamente reguladas, para que não haja perda do produto.

Uma prática muito comum entre os produtores de soja é a dessecação. Esse processo auxilia na secagem dos grãos no campo, antecipando o momento da colheita da soja. Além disso, a dessecação proporciona o controle das pragas e a redução de impurezas, evitando plantas com vagens verdes. No entanto, é necessário que ela seja feita de forma organizada para evitar a incidência de fungos e a abertura dos grãos.

Máquina colhedora

A máquina colhedora é uma forma de mecanização agrícola composta por quatro processos: corte, trilha, separação e limpeza. É um artifício que facilita a escala da produção, entretanto é importante se certificar de que as máquinas de colheita sejam ajustadas corretamente. 

A velocidade reduzida de uma máquina colhedora de soja pode atrasar a colheita e o plantio das próximas safras, por exemplo. O ideal, então, é que as máquinas operem entre 4 km/h e 6,5 km/h. Se passar disso, é possível ocorrer a quebra dos grãos.

Também é importante que a umidade local esteja adequada para evitar outros problemas como o embuchamento. Além disso, o molinete, equipamento responsável por recolher a soja, deve estar na velocidade ideal para que os grãos não sejam expulsos da máquina.

Passo a passo para a colheita

Para garantir a colheita eficiente, é necessário que o produtor siga alguns passos importantes que irão resultar na qualidade da soja. São eles:

  • Planejamento do plantio e da colheita, garantindo que tudo seja realizado no momento certo;
  • Manejo fitossanitário e preparo do solo para evitar doenças e pragas da soja;
  • Acompanhamento do processo de maturação da soja;
  • Dessecação para a colheita;
  • Revisão do maquinário: colhedoras, tratores e caminhões devem ser revisados para evitar problemas durante o processo;
  • Velocidade da colheita mecanizada entre 4 km/h e 6,5 km/h, evitando possíveis prejuízos;
  • Acompanhamento da umidade dos grãos para garantir que a colheita seja iniciada com as melhores condições;
  • Transporte e armazenamento dos grãos;
  • Registro das informações da colheita. Existem softwares para facilitar esse processo.

Qual o melhor período para a colheita da soja?

O momento ideal para a colheita é quando a soja atinge a maturação fisiológica. Ou seja, quando os grãos irão receber os nutrientes necessários. Nessa fase do cultivo, a planta apresenta vagens com aparência seca e velha, com coloração amarelada.

Além disso, a colheita da soja deve ser iniciada quando a umidade da planta está entre 13% e 15%. Isso porque a umidade abaixo de 13% significa que os grãos estão duros, e, acima de 15%, a soja apresenta grãos macios. Portanto, nesse momento, as sementes estão totalmente desenvolvidas, o que garante a rentabilidade do produto final.

Dicas fundamentais para uma colheita da soja eficiente

Para uma colheita bem sucedida, o processo deve ser realizado corretamente desde o plantio da soja. Portanto, é fundamental que o produtor preste atenção nos seguintes fatores:

  • Condições climáticas adequadas: a temperatura ideal para o cultivo da soja, de acordo com a Embrapa, é de 25ºC;
  • Conhecimento e monitoramento para controle de possíveis pragas e doenças da soja;
  • Período correto para a semeadura;
  • Análise do solo: ele deve ser preparado adequadamente, pois a falta de cuidado com o solo pode acarretar no cultivo de ervas daninhas;
  • Acompanhamento de um profissional agrônomo para o suporte técnico.

Agora, você já sabe como deve ser realizada a colheita dessa leguminosa. Essa produção tem sido altamente lucrativa, portanto, é necessário que a colheita seja realizada sempre da forma correta, o que resulta na melhor rentabilidade do produto final.

Gostou de saber mais sobre o processo de colheita da soja? Então aproveite para ler também o nosso artigo sobre a Consultoria na fazenda. Esse profissional é responsável por orientar o produtor na tomada de decisões, garantindo a maior produtividade, e, consequentemente, maior lucratividade!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.