Polinização assistida: como ela pode melhorar a produtividade

Polinização assistida: como ela pode melhorar a produtividade

As abelhas são extremamente importantes para a agricultura. Isso porque 70% dos cultivos dependem da polinização para garantir a produtividade e a qualidade do fruto na colheita.

A polinização traz diversos benefícios ao ecossistema e tem um importante papel no agronegócio e, também, na produção de alimentos. Trata-se do transporte do pólen da parte masculina para a parte feminina da flor, realizado por animais como aves e abelhas. A insuficiência da polinização pode prejudicar a produção e até a qualidade dos frutos.

Por isso, a polinização assistida é uma técnica que vem sendo discutida por gerar um aumento significativo na produtividade de forma sustentável. Continue a leitura e saiba mais sobre a sua importância para o agronegócio brasileiro!

O que é polinização?

A polinização é um fenômeno natural do processo de reprodução das plantas. Ela pode ser realizada por fenômenos naturais e também pelos animais. Estima-se que 87% das espécies de plantas com flores dependem de animais polinizadores para o crescimento e para a produtividade. Dentre as espécies vegetais cultivadas, cerca de 73% dependem da polinização das abelhas.

A polinização feita pelas abelhas aumenta a produtividade e a qualidade dos frutos, além de evitar a má formação de novas plantas, que podem prejudicar o cultivo. Na cultura de café e da soja, por exemplo, a presença de uma colmeia no cultivo pode impactar positivamente na produtividade e, também, na qualidade do produto que será vendido. Isso porque os produtores e consumidores observaram um aumento na qualidade do café por conta das características organolépticas diferenciadas que podem ser percebidas nos produtos melíferos.

Sabendo da importância desse processo para a produção em diferentes culturas, surgiu a prática da polinização assistida. Atualmente, no Brasil, ela ainda é pouco explorada, pois menos de 10% das colmeias existentes no país são utilizadas para este fim. Nos Estados Unidos, estima-se que 70% dos criadores de abelhas já se especializaram no assunto e oferecem esse tipo de serviço aos agricultores.

Tudo sobre a polinização assistida

Sabendo da importância do processo de polinização para diversas culturas, surgiu a oportunidade para a locação de colmeias para as propriedades rurais. A polinização assistida utiliza abelhas nativas sem ferrão ou africanizadas, para que os produtores aumentem a produtividade e garantam a melhor qualidade do produto após o processo de polinização das plantações.

A polinização assistida é uma forma sustentável de aumentar a produtividade sem interferir nos níveis de carbono. Além disso, é uma prática que estimula a responsabilidade social, pois gera uma nova fonte de renda aos apicultores.

Para cada tipo de cultura, existe uma espécie de abelha mais adequada. Por isso, todo o processo de polinização assistida conta com diversos profissionais além do apicultor: veterinários, engenheiros agrônomos e biólogos também são envolvidos na prática.

Por que adotar a polinização assistida?

A polinização natural nem sempre é suficiente para a produção agrícola. Isso pode ocorrer em regiões em que a natureza foi deteriorada, e, também, em áreas distantes da vegetação nativa. Portanto, a polinização assistida tornou-se uma alternativa para solucionar esse déficit através da aquisição de colmeias.

No Brasil, a prática tem gerado bons resultados, principalmente em culturas de melão, café, morango e maçã. Além disso, esse é um ótimo negócio para os apicultores, que recebem em torno de R$50,00 por mês para cada colmeia alugada.

A polinização assistida ainda ajuda a conscientizar os produtores rurais quanto à importância das abelhas para o cultivo. Isso significa uma preocupação maior em fazer o uso correto de defensivos agrícolas, já que a presença dos polinizadores é essencial para a produtividade e a qualidade dos produtos.

Com a popularização da prática, surgem, ainda, empresas que se tornam facilitadoras para os apicultores. Isso significa que elas irão auxiliar no manejo adequado das colmeias, garantindo a saúde das abelhas. Além disso, as empresas também estabelecem uma conexão entre os produtores e os apicultores, auxiliando no processo de compra e venda. Além de todos os benefícios acima citados, a polinização também proporciona uma alternativa mais sustentável de bio insumo.

Por isso, se você deseja aumentar a produtividade na sua fazenda e garantir a qualidade da colheita, considere a adoção da polinização assistida. Além do baixo custo, a prática irá proporcionar diversos benefícios à lavoura.

Agora que você já conhece as vantagens da polinização assistida para a agricultura, aproveite para ler também o nosso artigo sobre a gliricídia. Trata-se de uma árvore leguminosa com propriedades que podem dar suporte aos produtores, pois ela serve para a adubação verde e, também, fornece alimento de qualidade para o pasto. Clique aqui e confira!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.