Plantio de abacaxi: guia completo

Plantio de abacaxi: guia completo (do cultivo à colheita)

Você já pensou em iniciar o plantio de abacaxi? Essa fruta tropical, suculenta e refrescante é muito apreciada pelos brasileiros. Pode ser consumida in natura, mas também serve como matéria prima para a produção de diversos alimentos, como sucos, sorvetes, gelatinas, e muito mais.

Cada vez mais, o plantio de abacaxi tem sido uma opção para fruticultores. Isso porque a fruta não requer técnicas complicadas para o cultivo e também pode ser altamente lucrativa.

Se você quer plantar abacaxi mas não sabe por onde começar, continue a leitura! Preparamos um artigo completo com todas as informações necessárias para iniciar a produção de forma adequada e eficiente.

Qual é a origem do abacaxi?

O abacaxi é uma fruta tropical cultivada há centenas de anos. É uma planta caracterizada como monocotiledônea, da família das bromeliáceas, cultivada principalmente em regiões tropicais e subtropicais. É uma planta sensível ao frio, mas que resiste bem aos períodos de seca. Isso permite que ela seja cultivada em diversas regiões, pois ela se adapta aos diferentes tipos de solo. 

A fruta foi descoberta na América, presente principalmente no Brasil, Paraguai, Argentina e Venezuela. Atualmente, os maiores produtores do abacaxi são os Estados Unidos, Austrália, México e Inglaterra.

Tipos de abacaxi

Existem diferentes tipos de abacaxi, que possuem características e sabores específicos. No entanto, todos eles fornecem diversos nutrientes e vitaminas para quem o consome. Veja, a seguir, as diferentes espécies de produzidas ao redor do mundo:

Abacaxi smooth cayenne

O smooth cayenne é o atual líder no plantio de abacaxi. É um fruto muito saboroso, que pode apresentar o sabor mais ácido do que o normal. No entanto, não é muito utilizado em receitas.

Abacaxi pérola

O abacaxi pérola apresenta a casca verde mesmo quando já está maduro, o que pode confundir o consumidor. Possui sabor mais adocicado e nível baixo de acidez.

Abacaxi havaiano

O abacaxi havaiano é muito utilizado em bebidas alcoólicas e receitas culinárias, pois possui sabor equilibrado.

Abacaxi ornamental

O abacaxi ornamental é um dos tipos mais populares, muito utilizado como enfeite. Possui espinhos na borda e folhas bem verdes e alongadas. O seu diferencial é que pode nascer com tonalidades rosadas se for plantado e cultivado sob o sol.

Iniciando o cultivo do abacaxi

Para iniciar o plantio de abacaxi, o produtor deve realizar o arranque, a limpeza do local e o novo plantio das lavouras, pois é importante garantir uma boa qualidade do solo antes de inserir as sementes. Primeiramente, é necessário determinar a variedade que será cultivada, considerando a sua adaptação à região de plantio e a destinação da produção. Entretanto, a seleção deve ser rigorosa, para evitar a transmissão de pragas como a cochonilha e a fusariose.

O ciclo do abacaxi é curto, e pode ter até duas frutificações. A primeira frutificação costuma vir entre 18 a 21 meses, e a segunda pode demorar até 2 anos e meio. É necessário, também, que o produtor invista em um sistema de irrigação, mesmo sendo uma planta resistente aos períodos de seca.

No entanto, o produtor pode optar pela cultura de sequeiro, ou seja, onde a irrigação não é utilizada. Nesse caso, o ideal é que o plantio de abacaxi ocorra entre o meio e o final do verão. Isso porque esse período apresenta chuvas mais frequentes, que podem ajudar a estimular o crescimento.

Como deve ser feita a colheita do abacaxi

O produtor rural deve ter bastante atenção ao momento da colheita. Isso porque o abacaxi é um fruto não climatérico, ou seja, que não amadurece após a colheita. Se ele estiver verde ou imaturo, pode apresentar acidez e baixo índice de açúcares, perdendo o sabor característico da fruta. Se for comercializado para a indústria, o abacaxi deve ser colhido quando já estiver maduro, com a casca amarela.

A colheita do abacaxi deve ser realizada utilizando luvas grossas e um facão. É necessário segurar a coroa do abacaxi e cortá-la 2 centímetros abaixo da base.

Doenças que podem afetar o plantio de abacaxi

O plantio de abacaxi também pode ser afetado negativamente por possíveis pragas e doenças. São elas: fusariose e podridão negra. Por isso, o produtor deve adotar medidas de prevenção, evitando que as pragas afetem a qualidade do produto final. Confira:

Fusariose

A fusariose é uma doença causada por um agente chamado Fusarium subglutinans. Ela pode causar até 40% de perdas nos frutos. O abacaxi Pérola e o abacaxi Smooth são os mais vulneráveis a essa doença.

A ação do fungo pode causar um odor semelhante à cana fermentada no caule do abacaxizeiro. Os frutos podem adquirir aspecto amarelado antes de estarem maduros. No entanto, algumas medidas podem ajudar a controlar essa doença. São elas:

  • Eliminar plantas doentes e descartá-los com a queima;
  • O plantio de variedades resistentes;
  • Utilizar fungicidas adequadamente;
  • Cobrir as novas inflorescências com sacos de papel;
  • Realizar a indução floral em períodos sem chuva.

Podridão negra

A podridão negra é uma doença causada pelo manejo inadequado dos abacaxis. O fungo Ceratocistys paradoxo penetra nas lesões que podem ser causadas nos frutos. Após o ataque, o fruto passa a ter odor de fermentação e a polpa fica coberta pela cor preta. Para controlar a praga, as medidas necessárias são:

  • Realizar o transporte dos frutos com cuidado;
  • Armazenar os abacaxis em temperaturas abaixo de 10°C;
  • Desinfetar os locais de embalagem e armazenamento dos frutos;
  • Evitar a colheita do abacaxi em dias chuvosos.

Benefícios do abacaxi para o corpo humano

O abacaxi é um alimento rico em fibras, vitaminas e água. Além disso, contém a enzima bromelina, que promove diversos benefícios ao corpo, como, por exemplo:

  • Acelera o metabolismo;
  • Possui efeito antiinflamatório;
  • Auxilia no emagrecimento;
  • Previne doenças cardíacas.

Agora que você já sabe tudo sobre o plantio de abacaxi, aproveite para ler também o nosso artigo sobre o fertilizante NPK. Trata-se de um complexo composto por três nutrientes essenciais para o crescimento saudável das plantas, trazendo diversas vantagens ao produtor rural. Clique aqui e confira!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.