Agricultura Digital: saiba das novidades e do futuro do agro

Agricultura Digital: saiba das novidades e do futuro do agro

Agricultura Digital: saiba das novidades e do futuro do agro

Tecnologia no Campo

O termo Agricultura Digital refere ao uso de tecnologias novas e avançadas no campo. A principal finalidade disso é a integração, proporcionando aos produtores as ferramentas necessárias para aperfeiçoar a cadeia de valores.

Em vez do uso de medidas arcaicas que não são calculadas com precisão e apenas com base em recomendações e na experiência, recomenda-se aqui a introdução da tecnologia. Ela pode auxiliar na tomada de decisão fornecendo uma base de dados precisa para o produtor rural.

Pensando nesse cenários de desenvolvimento tecnológico nas lavouras, separamos esse artigo especial sobre a agricultura digital!

O que é a Agricultura Digital?

O termo Agricultura Digital refere ao uso de tecnologias novas e avançadas no campo. A principal finalidade disso é a integração, proporcionando aos produtores as ferramentas necessárias para aperfeiçoar a cadeia de valores.

Quando falamos em Agricultura Digital, pensamos em passado, presente e futuro. Apesar de nas décadas anteriores a agricultura ter evoluído muito, sabemos que sempre há espaço para mais.

Algumas decisões importantes costumavam ser feitas de forma imprecisa. Isto porque não havia o que pudesse proporcionar dados e informações precisas. Assim, imperavam decisões baseadas na experiência e em ferramentas pouco seguras.

Hoje em dia, a Agricultura Digital faz exatamente o oposto. Ela é capaz de reunir informações de distintas fontes, como a da previsão do tempo e das condições do solo, para a análise e interpretação dos dados.

Como resultado, a agricultura digital, muitas vezes também referida como agricultura de precisão, fornece pareceres precisos ao agricultor, que pode tomar decisões mais assertivas. Deste modo, os erros na lavoura são minimizados.

As decisões, então, podem ser implementadas com bastante velocidade. O maquinário, de tecnologia avançada e pautado na robótica, permite informações em tempo real a respeito de tudo que é feito e dos impactos gerados.

As tecnologias, deste modo, são diversas. São sensores, redes de comunicação, sistemas de aviação agrícola, inteligência artificial, Big Data e tantas outras ferramentas. Eles são integrados, a fim de fornecer dados mais precisos.

O potencial diz respeito ao futuro, sempre em crescimento. Nas lavouras, significa mais produtividade, mais consistência e o melhor uso dos recursos e do tempo.

A expectativa é que cada vez mais a agricultura digital se popularize, com o avanço tecnológico e a diminuição dos custos de implementação.

agricultura digital

Fonte: cropaia.com

Os dados da Agricultura Digital

Podemos utilizar dos dados para medir o sucesso e se realmente vale a pena o uso da Agricultura Digital. Para isto, seleciona-se como fonte dados da PA Consulting, instituição reconhecida mundialmente.

De acordo com ela, em 2015, o mercado da Agricultura Digital era de 5 bilhões de dólares. Em 2018, 9 bilhões de dólares. A previsão para 2021 é de 15 bilhões da mesma moeda. Ou seja, um crescimento bastante explícito.

Disso tudo, na América do Sul há o terceiro maior potencial de expansão, com 19% do mercado. Só está atrás da América do Norte (33%) e da Europa (24%).

Os benefícios em relação à agricultura tradicional são, portanto, enormes quando falamos nos números e nas tendências. Para sintetizar, pode ser dito apenas que 80% das companhias devem ter vantagens competitivas exatamente pelo uso da Agricultura Digital.

Exemplos da Agricultura Digital

Para colocar na prática tudo isto que tem sido dito, podem ser citados alguns exemplos práticos da Agricultura Digital. Desta forma fica mais fácil de compreender como há um ganho de produtividade gerado por decisões pautadas em dados mais precisos.

  • O uso de drones na agricultura

Um dos usos mais comuns na Agricultura Digital é nos Veículos Aéreos não Tripulados (VANTs). Eles são, em outras palavras, os drones na agricultura, capazes de observar e identificar informações que de outra forma seria impossível.

Não só fazendo o mapeamento aéreo preciso das lavouras, permitindo a realização de mapas de produtividade e até de NDVI, alguns equipamentos são especializados em pulverização. Cada vez mais os drones para pulverização se tornam mais famosos no cenário agrícola.

  • A gestão agrícola

A gestão agrícola deve ser sempre bem feita, para proporcionar as melhores decisões organizacionais e financeiras. A Agricultura Digital pode, também neste caso, oferecer importantes benefícios.

Tal é o caso da Aegro, por exemplo. Embora existam outros softwares, podemos citar este como um caso de sucesso. De acordo com os próprios, são mais de 3000 propriedades rurais que já foram cadastradas no sistema e cerca de 1 milhão de hectares geridos.

Tendo todas as informações na mão, os produtores tomam decisões mais rápidas e assertivas, impactando diretamente nos resultados da lavoura.

  • A robótica agrícola

A utilização de novas máquinas tem sido cada vez mais frequente. São equipamentos muitas vezes autônomos, que têm seu controle à distância, por sistemas de telemetria.

Um dos maiores exemplos aqui são as produções da empresa alemã Fendt. Uma de suas inovações é a de conectar máquinas distintas uma à outra, induzindo com que façam o seu trabalho com uma certa “consciência” da distância de cada uma, evitando assim acidentes e permitindo que um mesmo motorista controle mais de um equipamento.

  • A Internet das Coisas no campo

A Internet das Coisas é algo que cria uma conexão virtual entre dispositivos eletrônicos e a internet. Ela está presente em todo tipo de objetos, até mesmo nas geladeiras mais modernas por exemplo. O principal objetivo é que realize um fluxo de informações preciso.

No campo, ela é aplicada para gerar alguns benefícios fundamentais. A colheita de informações sobre dados do solo, das máquinas em atividade e das previsões meteorológicas são apenas alguns dos exemplos.

Uma das empresas que faz isto é a Agrotools. Com uso de ferramentas como esta, as decisões são feitas mais rapidamente e de forma mais precisa, impactando diretamente nos resultados finais e nos ganhos de competitividade.

  • A troca de informações

Trocar informações mútuas e criar conexões de networking também é de particular importância nos dias de hoje. Isto permite saber as novas tendências e estar sempre atento ao que de melhor tem acontecido na área.

Fazer isto é o que promete a YouAgro. A plataforma é uma espécie de rede social do campo, conectando empresários, produtores rurais e consultores relacionados à agricultura.

Lá é possível criar perfis pessoal e empresarial, além de, claro realizar postagens sobre o que bem entender. Dessa forma, a troca de informações e a conexão constante com parceiros torna-se a regra. É possível até mesmo procurar emprego em grupos específicos dentro dela.

Desta forma, em conclusão, podemos perceber que a Agricultura Digital tem evoluído cada vez mais. Ela pode proporcionar ganhos de produtividade, oferecendo vantagens competitivas aos produtores. Adaptar-se a ela tem sido a regra geral em boa parte das fazendas.

Os dados demonstram que este mercado está movimentando muito dinheiro e irá aumentar muito nos próximos anos. O que é visto na prática é que as informações mais precisas trazem de fato benefícios no campo.

Portanto, pode ser dito que a Agricultura Digital deve mesmo ganhar cada vez mais corpo no futuro.

Saiba tudo sobre o GPS Agrícola
8 tecnologias que mudaram as atividades no campo
Entenda tudo sobre Drones na Agricultura
MAIS PUBLICAÇÕES
2019-01-09T00:49:55+00:00 0 Comments

About the Author:

Tecnologia no Campo

Leave A Comment