Gado Indubrasil

Gado Indubrasil: tudo que você precisa saber sobre essa raça

Orelhas compridas, chifres convergentes e o cupim acima do dorso lombar. Essas são características marcantes do Indubrasil, a primeira raça de gado zebuína formada no país.

Criado em Minas Gerais, através de cruzamentos entre zebuínos, o bovino pertence a uma das raças mais exportadas para países da América Latina e Ásia.

A raça foi gerada inicialmente para a fabricação de carne, mas ela apresenta dupla aptidão: a produção de carne e leite. Além disso, o animal possui importante papel para a agropecuária brasileira. Para saber mais sobre o Indubrasil, continue lendo esse artigo!

Origem da raça Indubrasil

A raça Indubrasil se originou por mestiçagem de raças importadas da Índia. O objetivo, então, era de extrair as qualidades de cada uma e multiplicar o pequeno rebanho zebuíno que existia no Brasil no início do século XX.

Além disso, há relatos de que a raça surgiu ocasionalmente com a curiosidade de criadores e estudiosos da época, através do cruzamento das raças Gir, Nelore e Guzerá.

Sendo assim, a formação do gado partiu através da iniciativa das famílias de Uberaba: Caetano Borges, Rodrigues da Cunha e Mendes; em Araxá, da família Lemos; e de Conquista, das famílias Martins e Fontoura Borges.

Em 1938, finalmente, a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) nomeou e registrou a raça bovina com o nome Indubrasil, referenciando Índia e Brasil, os dois maiores países criadores de zebu.

Predominante no Triângulo Mineiro

Existem criações da raça em diversos estados do Brasil, tais como Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Goiás e Mato Grosso. Porém, o principal centro de criação é o Triângulo Mineiro.

Atualmente, em Uberaba (MG), na fazenda da família de Caetano Borges, está guardada a história da raça Indubrasil. É possível encontrar no acervo fotografias e registros dos primeiros cruzamentos que originaram a raça.

Principais características do gado Indubrasil

As principais características deste gado são:

Pelagem

A pelagem é uniforme, com tons de cor branca, cinza, queimada ou amarela. Os pelos são curtos, finos, sedosos e brilhantes. Nos machos, as extremidades são escuras.

Além disso, a mucosa é preta ou escura, fina, solta, oleosa e macia.

Porte

Sobre o porte do Indubrasil, podemos considerar as seguintes características:

  • Peso: média de 500 a 700Kg na vaca e 700 a 1000kg no touro;
  • Estatura: varia de 135 a 150cm na vaca e 145 a 155cm no touro.

Cabeça

A cabeça dessa raça é forte, larga, com comprimento e espessura medianos e perfil comumente convexo. Outras características comuns são:

  • Face: é curta e afunilada para o focinho;
  • Focinho: é largo, com narinas abertas;
  • Olhos: são grandes, escuros, elípticos, de olhar sonolento, protegidos por rugas de pele;
  • Orelhas: são médias ou compridas e pendentes;
  • Chifres: possuem tamanho mediano, são grossos na base e finos nas pontas e nunca verticalizados.

Pescoço

O pescoço do Indubrasil, em comparação com outras raças de gado, possui tamanho curto e grosso no touro, e médio na vaca.

Corpo

O corpo do Indubrasil é longo, compacto, volumoso, e em forma de paralelepípedo.

Além disso, as costas são largas e musculosas, enquanto o tórax é amplo e profundo. As  costelas do bovino são acinturadas e seu peito é desenvolvido, com a maçã proeminente. Os flancos, por sua vez, são cheios, e o úbere é regular, com volume médio e boa distribuição. 

Seus membros são fortes, curtos e musculosos acima dos mocotós, com ossos largos e alinhados.

A giba dessa raça é comumente pequena e firme, possui forma de rim ou castanha de caju, sendo menor e menos caracterizada nas fêmeas. Também, como característica comum, podemos observar que a cauda é comprida e afina-se na ponta, de cor negra ou ligeiramente mesclada (nos bovinos de cor clara).

Como o Indubrasil é uma raça originária relativamente recente, ainda pode haver falta de uniformidade entre as espécies. Portanto, em algumas criações, há bovinos ossudos e com pernas compridas, e em outras, há animais com corpo largo, musculatura desenvolvida e pernas curtas. Os bovinos musculosos e de corpo largo possuem mais valor no mercado em relação aos outros.

Dessa forma, uma seleção bem orientada é fundamental para definir o futuro da raça.

Vantagens do Gado Indubrasil para a produção agropecuária

O gado Indubrasil chegou a ser considerado uma conquista na pecuária nacional, principalmente pela melhora das características produtivas dos rebanhos onde ele é inserido.

Sua principal vantagem, então, é a possibilidade de cruzamento com qualquer outra raça bovina. Isso se aplica, principalmente, a outros zebuínos ou raças europeias, resultando em bons produtos.

Ressalta-se, ainda, vantagens como:

  • Alta conversão alimentar (gerando proteína animal a baixo custo);
  • Ótima produção de leite;
  • Grande rusticidade e heterose nos cruzamentos;
  • Longevidade;
  • Precocidade sexual;
  • Fertilidade e ótimo desempenho produtivo;
  • Docilidade e fácil manejo;
  • Ótimo ganho de peso em pasto ou confinamento;
  • Boa conformação frigorífica;
  • Excelente habilidade materna;
  • Bom rendimento de carcaça;
  • Boa adaptação a todos os sistemas de manejos e em todas as regiões.

Para a preservação do Indubrasil, foi criada a ABCI, uma associação que visa a proteção e o desenvolvimento dessa raça de gado no Brasil.

Saiba mais sobre a ABCI

A ABCI – Associação Brasileira de Criadores de Indubrasil foi fundada em maio de 1962, em Uberaba (Minas Gerais). É uma associação criada pelos selecionadores de Indubrasil com os objetivos de auxiliar na preservação da raça e promover o seu desenvolvimento.

Isso é feito através de ações para divulgar o Indubrasil em todo o mundo, a fim de romper preconceitos acerca desse gado. Além disso, a instituição procura incentivar a exportação de reprodutores, matrizes, embriões e sêmen.

Outro papel da ABCI é estudar a área geográfica de expansão da raça em outros países. Portanto, a associação tem suma importância para a continuidade da raça Indubrasil, com proteção e divulgação de sua importância em todo o mundo. 

Além disso, a ABCI trabalha para que os criadores aprendam e se mantenham informados através de eventos como feiras. Para conferir o estatuto completo da ABCI, clique aqui.

Por fim, é nítido que o gado Indubrasil tem grande importância para o cenário atual da agropecuária. A raça tem tudo para crescer muito nos próximos anos, levando sua genética para aprimorar os resultados dos cruzamentos industriais. Se você se interessa por raças de gado de origem genuinamente brasileira, com características que atraem criadores de gado de diversos estados e países, não deixe de conferir o nosso artigo sobre o Zebu, a espécie de boi indiana que é base no rebanho brasileiro!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.