Cultivo de cacau

Cultivo de cacau: dicas para melhorar a produção

O cacaueiro é uma planta originária da Região Amazônica, que vem sendo cultivada desde o século XVII. Seu fruto, o cacau, é um importante produto agrícola para a economia brasileira, pois gera matéria-prima para alimentos como o chocolate, altamente consumido pelo mundo todo.

Entretanto, o cultivo de cacau não é tão simples. Isso porque ele exige alguns cuidados específicos para garantir a produtividade e a qualidade do produto final. Se deseja saber mais sobre como cultivar cacau da maneira correta, continue a leitura!

A origem do cacau e o cultivo no Brasil

O cacaueiro pertence à família das Sterculiáceae, e originou-se nas florestas pluviais da América Tropical. No Brasil, o cultivo de cacau foi iniciado em 1679 pelos colonizadores portugueses. Primeiramente, foi introduzido no Pará, mas foi no sul da Bahia que encontrou boas condições para o desenvolvimento.

Em 1931, foi criado o Instituto do Cacau da Bahia (ICB) e a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), que surgiu em 1957. Os órgãos foram criados com o intuito de recuperar e melhorar o cultivo de cacau, e geraram bons resultados devido às novas técnicas de produção e manejo do solo. No entanto, atualmente a safra de cacau no Pará é a atual líder no Brasil, de acordo com um relatório da Ceplac.

Existem três diferentes tipos de cacaueiros. São eles:

Criollo

O cacaueiro Criollo produz amêndoas grandes e de coloração clara, com pouco sabor amargo. É considerada a mais nobre das variedades de cacau. No entanto, é sensível a doenças e sua produtividade é baixa.

Forastero

O cacaueiro Forastero produz o tipo mais comum de cacau, e representa 80% da produção mundial. O fruto tem amêndoas achatadas de cor violeta e média acidez. É um tipo de cacau produtivo e mais resistente às doenças.

Trinitário

O cacaueiro Trinitário é o resultado do cruzamento entre as duas outras variedades. Foi criado após a destruição de plantações de cacau Criollo no século XVII, e possui fruto de excelente qualidade.

Qual é a importância do cultivo de cacau?

As sementes do cacau, após a fermentação, são transformadas em amêndoas. Essa é a matéria prima para a produção de chocolate, manteiga de cacau, geléias e até bebidas destiladas. Além disso, os pesquisadores da Ceplac criaram um adubo da casca de cacau, que antes era descartada, que se transforma em biofertilizante.

O cultivo de cacau também é importante para o desenvolvimento sustentável porque ele funciona como um sumidouro natural de gás carbônico. Isso significa que ele não emite gases e também é capaz de absorver parte do carbono presente na atmosfera. Além disso, a produção de cacau é responsável pela geração de diversos empregos no Brasil e no mundo devido à sua alta demanda.

Condições ideais para o cultivo de cacau

O cacaueiro se adapta bem em regiões com temperaturas superiores a 21ºC. O clima frio pode prejudicar a qualidade das sementes e o produto final, por isso, recomenda-se o plantio de cacau em regiões mais úmidas e quentes. O solo ideal para o cacaueiro deve ser bem drenado e profundo.

A adubação da plantação de cacau deve ser realizada 60 dias antes do plantio, e deve ser acrescentada ao redor das plantas de dois em dois meses. A colheita inicia-se no segundo ano do plantio, e deve ser realizada em dois períodos: safra (entre novembro e fevereiro) e temporão (de abril a agosto). 

O plantio de cacau pode ocorrer em três sistemas de produção: o extrativista, o sombreado e a pleno sol. Confira:

Sistema extrativista

O sistema extrativista tem foco na produção natural das florestas, com plantas altas. É utilizado pelas comunidades locais que retiram os frutos sem a realização do manejo, para facilitar a colheita.

Sistema sombreado

Esse sistema utiliza um sombreamento permanente que controla a entrada da luz solar. Os sistemas sombreados são conhecidos como Sistemas Agroflorestais (SAFs), onde ocorre grande produção da matéria orgânica. São utilizados principalmente nas regiões de Mata Atlântica.

Sistema a pleno sol

Com o sistema a pleno sol, o cultivo de cacau é realizado sem o uso de sombreamento definitivo. Nessa modalidade, são utilizados clones de cacaueiros resistentes à vassoura de bruxa, doença causada por fungos.

Vassoura-de-Bruxa: uma praga que pode afetar a produção

A vassoura de bruxa é uma doença que pode causar perdas severas ao cultivo de cacau. O fungo causa manchas, definhamento e deformações nos frutos, mas os sintomas podem variar de acordo com o tipo de infecção. O controle da doença é feito através de cultivares ou clones resistentes.

É necessário que o produtor realize inspeções periódicas para verificar se existem sintomas. Dessa forma, será possível podá-los e retirá-los do campo. A aplicação de fungicidas protetores na época das chuvas também pode ajudar na inibição da doença.

Se você deseja iniciar o cultivo de cacau para comercializar os produtos, saiba que esse fruto pode ser altamente lucrativo. Existe a possibilidade de vendê-lo para distribuidores de cacau, fábricas de chocolate e para comerciantes. Por isso, siga nossas dicas e garanta a melhor qualidade do produto final!
Gostou do nosso conteúdo? Aproveite para ler também o artigo sobre o plantio de café, e saiba como aumentar a produtividade na sua lavoura através da tecnologia, assim como maneiras de aumentar a qualidade do seu produto.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.