Búfalo Murrah: saiba tudo sobre essa raça

O búfalo Murrah tem origem na índia e é bastante conhecido no Brasil, em especial quando o assunto é búfalos leiteiros.

Eles são bem resistentes a doenças se adaptam com bastante facilidade aos diferentes climas.

O búfalo Murrah é um dos mais indicados para a produção profissional de leite.  Em geral, eles oferecem entre 10 e 16 litros por dia. Alguns também podem oferecer uma quantidade maior de leite, mas, certamente, eles serão muito mais caros.

São animais importantes e com um enorme potencial em terras brasileiras. Em geral, sua criação tem como objetivo a produção de carne, mas, por outro lado, eles também têm sido utilizados para outras atividades.

Para saber mais sobre esses animais, em geral, confira o artigo que preparamos sobre a criação de búfalos no Brasil.

Origem da raça Murrah

Na Índia, a produção de leite é um dos negócios mais lucrativos no contexto rural. E é justamente na Índia que a raça surgiu.

Também conhecida como Delhi, Kundi e Kali, eles podem ser encontrados em diferentes lugares, como em Hisar, Rohtak, Punjab, Gurgaon, além do distrito de Jind de Haryana, Delhi e Uttar Pradesh.

Seu nome vem do Hindu e significa “espiralado” e foi inspirado nas características de seus chifres.

Uma curiosidade muito interessante é que, na Índia, os animais totalmente negros são considerados os mais produtivos e, nesse sentido, os Murrah ganham destaque!

Apesar de ter origem na Índia, pouco se sabe, de fato, sobre sua história e origem.

No Brasil, o búfalo Murrah é a raça mais numerosa. Isso se dá pelo custo-benefício do investimento, já que eles são ótimas opções para quem quer trabalhar com a produção de mozzarellas.

Principais características do búfalo Murrah

Sem dúvidas, o búfalo Murrah tem uma aparência muito bonita! As raras vezes em que ele apresenta algum tipo de mancha, elas dão um charme ao rosto ou às pernas do animal.

Enquanto as fêmeas possuem pescoço mais fino e longo, os machos tem o pescoço grosso e maciço. As orelhas, por sua vez, são curtas, finas e estão sempre alertas.

Em geral, os búfalos adultos possuem cerca de 142 centímetros e as fêmeas 132 centímetros.

Os olhos das fêmeas são levemente maiores que os dos machos, mas são vivos, escuros e muito marcantes!

Os chifres, como já dissemos, são curvados em forma de espiral.

Vantagens e desvantagens

Agora que você já conhece as características mais gerais do búfalo Murrah, conheça as vantagens e desvantagens dessa raça tão popular!

Vantagens

  • Os búfalos Murrah se adaptam a praticamente qualquer clima na Índia e, no Brasil, também não teve muita dificuldade em viver nas condições climáticas locais.
  • O Murrah, entre os búfalos, é o maior produtor de leite.
  • Esses animais são bem resistentes a doenças se comparados com outros animais mestiços.
  • Como o leite de búfala contém mais gordura, o preço do leite é maior. Isso resulta em bons retornos para o produtor.
  • Além disso, também é uma ótima opção para produzir mozzarela e outros produtos derivados do búfalo.

Desvantagens

  • As fêmeas demoram bastante para atingir a maturidade, que ocorre entre 25 e 32 meses.
  • O período entre os partos também é maior, entre 12 e 16 meses.
  • Normalmente, os búfalos de raça pura não estão facilmente disponíveis porque seu número é mais restrito.

O uso do búfalo Murrah na produção agropecuária

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Agropecuária, já em 1979 realizou uma ampla pesquisa para entender a importância do búfalo na agropecuária brasileira.

Inicialmente, a produção principal de búfalos era destinada à carne, mas a produção leiteira desses animais também tem ganhado destaque nos últimos anos.

Atualmente, são quatro raças principais no país: os Murrah, Jafarabadi, Carabao e Mediterrânea.

Já que os búfalos possuem uma extraordinária adaptabilidade ao clima do Brasil e excelentes condições de produção de carnes, leite e trabalho, há um potencial imenso em solo brasileiro.

Ainda há muito o que se explorar na utilização da tecnologia como alinhada a bubalinocultura. Em 2011, por exemplo, o IBGE apontou para mais de 1 milhão de cabeças de búfalos no país e segue em plena expansão.

Saiba mais sobre a Associação Brasileira de Criadores de Búfalo

Prova do cuidado e do crescente potencial da produção de búfalos no Brasil é a Associação Brasileira de Criadores de Búfalo, fundada em 1960.

A Associação tem um papel importantíssimo na manutenção da bubalinocultura, no acompanhamento e registros dos animais e no fortalecimento da atividade no país.

Com mais de 3 milhões de animais, o Brasil já é a nação com a maior concentração de búfalos de todo o ocidente. Deste número, 30% destina-se exclusivamente a produção leiteira, daí o sucesso do búfalo Murrah!

Já consolidada, a Associação oferece uma série de orientações e atividades, entre elas:

  • Registro dos animais;
  • Orientações técnicas para produção de búfalos;
  • Desenvolvimento das provas zootécnicas;
  • Promoção de eventos e feiras, simpósios, palestras e seminários;
  • Cursos diversificados de qualificação e formação de produtores;
  • Elaboração de boletim informativo com todas as novidades do setor.

Confira o último boletim da Associação Brasileira de Criadores de Búfalo e tenha informações mais detalhadas das cadeias de produção dos búfalos no país.

Para saber mais sobre a Associação, clique aqui.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.