Limousin

Limousin: tudo que você precisa saber sobre essa raça

O Limousin, de origem francesa, é uma raça de gado que existe há milhares de anos e está presente abundantemente no Brasil.

A raça é conhecida mundialmente pela produção de carne macia e de altíssima qualidade. Além disso, as fêmeas ganham destaque com sua facilidade para o parto e a alta produção de leite.

O animal de porte médio está presente em todos os estados do país, e é classificado por muitos criadores como um dos melhores do mundo, devido ao trabalho de melhoramento genético que vem sofrendo nas últimas décadas. Para saber mais sobre a raça Limousin, continue lendo esse artigo!

Origem da raça Limousin

O gado Limousin é originário da região centro-sul da França, mais especificamente da província de Limousin.

A raça é antiga: existem pinturas desses animais de sete mil anos atrás, encontradas na Gruta de Lascaux, na França. Além disso, o animal é derivado da antiga raça Garoneza, que ocupava o país no século XVII.

Evidências indicam que sua entrada no Brasil foi feita nos tempos do Império em 1850, onde um engenheiro francês presenteou um touro da raça a um criador mineiro de Ouro Preto – MG. Seu intuito era melhorar o rendimento da carne no rebanho da propriedade. Outros relatos apontam também que a raça foi introduzida no Brasil visando o seu cruzamento com animais de raças zebuínas.

Em 1970, uma nova fase se iniciou para o gado Limousin no Brasil. Foi nesta data que um empresário adquiriu uma propriedade pecuária no Triângulo Mineiro e trouxe 56 animais puros da raça Limousin. Ele investiu na raça e em cruzamentos com Zebuínos, em busca do seu melhoramento genético.

Principais características do Limousin

A característica principal das fêmeas é a facilidade de parto, associada com a grande produção leiteira. Os machos Limousin, por sua vez, são muito férteis e produzem sêmen de excelente qualidade.

Outra característica marcante é que os animais dessa raça não consomem grandes quantidades de alimentos quando comparados aos zebuínos. Isso ocorre porque esses bovinos possuem um trato digestivo muito pequeno, com reduzido volume de vísceras. Dessa forma, o gado apresenta alta taxa de conversão alimentar e, consequentemente, uma boa velocidade de ganho de peso.

Além disso, o Limousin é definido pelas seguintes características morfológicas:

Porte

A raça apresenta médio porte: as fêmeas pesam entre 550 kg e 750 kg, enquanto os touros possuem peso entre 950 kg e 1.200 kg.

Em relação a altura, o macho possui altura média de 145cm, e a fêmea de 137cm.

Pelagem

Os pelos desses animais são finos, curtos e sedosos, de cor vermelha-dourada escura, com as extremidades de cor trigo.

A pele, por sua vez, é macia, fina, flexível e, assim como as mucosas, é rosada.

Cabeça

A cabeça desse gado é forte, curta e de tamanho médio, com perfil retilíneo. Além disso, a fronte e o focinho são largos. Já as orelhas são pequenas e finas, e os olhos são vivos, mas não salientes.

Os chifres, quando estão presentes, possuem comprimento mediano, sendo finos nas extremidades e arqueados para frente. A barbela, por sua vez, é pouco desenvolvida, acabando no esterno, enquanto o pescoço é curto e musculoso.

Corpo

O tronco do Limousin possui formato cilíndrico, profundo, longo e com boa cobertura muscular. Também apresenta peito largo e arredondado, além de um dorso reto, largo e horizontal.

Em relação à giba, é pequena e um pouco à frente, na cernelha, enquanto a garupa é uniformemente larga, plana e comprida. As costelas do bovino são longas e arqueadas, e os flancos são profundos e harmoniosos com o resto do corpo.

O umbigo é reduzido, já o úbere é discretamente volumoso na vaca em lactação, com tetas bem distribuídas. A bacia, por sua vez, é larga, com ancas pouco salientes.

Os membros desses animais, tanto dianteiros quanto traseiros, são médios e muito musculosos, bem aprumados, e com cascos bem conformados e resistentes.

As nádegas são espessas, bem descidas e arredondadas, enquanto a cauda é bem inserida, larga na base e fina na extremidade, com a vassoura na cor rósea clara.

Vantagens da raça e uso na produção agropecuária

O gado Limousin apresenta diversas vantagens para o criador, listadas abaixo:

  • Docilidade e fácil manejo;
  • Boa rusticidade;
  • Adaptabilidade climática e ambiental;
  • Uniformidade no padrão de cor;
  • Alta conversão alimentar;
  • Longevidade;
  • Precocidade;
  • Alto rendimento da carcaça;
  • Grande ganho de peso;
  • Flexibilidade de mercado, com seu uso em diversos nichos;
  • Cruzamento eficaz com matrizes zebuínas;
  • Seleção e melhoramento genético de qualidade, sob o comando mundial da Fundação Norte Americana de Limousin- NALF.

Além disso, o bovino é amplamente conhecido pelas características descritas abaixo.

Facilidade de parto e vida reprodutiva

As vacas Limousin se destacam pela facilidade no parto, já que elas foram selecionadas há décadas pela grande dimensão da bacia. Além disso, os bezerros nascem com cerca de 35 kg a 45 kg, o que é um tamanho pequeno, facilitando o momento do parto.

Após nascerem, os filhotes vão para o pasto, já prontos para a amamentação e o crescimento. Os bezerros apresentam grande performance nos primeiros anos de vida, com ganho de peso médio diário superior a 1,5 kg.

A duração da vida reprodutiva das fêmeas tem média de 10 anos, e os números de partos superiores a 7, com intervalos entre os partos inferiores a 12 meses. Além disso, as vacas possuem grande habilidade materna.

Habilidade de produção leiteira 

As fêmeas da raça também possuem uma grande e duradoura capacidade leiteira. Com o melhoramento genético, as tendências sugerem que um grande progresso tem sido alcançado na melhoria da capacidade de produção de leite nos últimos dez anos.

Alta fertilidade

Os touros Limousin são considerados férteis e com elevada libido.

Com a utilização da inseminação artificial, é uma das raças europeias de corte que mais vende sêmen no Brasil. Seu sêmen é considerado de excelente qualidade, com maior número de células vivas, melhor taxa de morbidade e morfologia.

Produção de carne vermelha

O gado Limousin é reconhecido como líder industrial na produção de carne vermelha para venda.

A carcaça com ossatura fina, pouca gordura e grande quantidade de carne confere maciez e suculência à carne. Também se destacam os baixos níveis de gordura e colesterol, que a tornam uma opção mais saudável para consumo humano.

Os cientistas que estudam a raça e seus sistemas de melhoramento genético trabalham há anos para o desenvolvimento de uma carne com cada vez mais qualidade.

Portanto, devido ao seu valor agregado, para a preservação e incentivo do fomento da raça Limousin, foi desenvolvida a Associação Brasileira de Limousin – ABL.

Saiba mais sobre a ABL – Associação Brasileira de Limousin

Em 1989, foi formada a Associação Promocional da Raça Limousin, que tinha a diretriz de promover o Limousin no Brasil. Já em 1991, através do Ministério da Agricultura, foi criada a Associação Brasileira dos Criadores de Limousin, com sede em Londrina – PR.

Para abranger o maior número de apoiadores à raça, como produtores, técnicos, pesquisadores e apreciadores, a entidade foi reestruturada e nominada, finalmente, para Associação Brasileira de Limousin – ABL.

Os objetivos da associação são: incentivar a melhora da produção e qualificação da carne e seus subprodutos, garantindo um avanço da pecuária de corte brasileira no mercado nacional e internacional; gerar novos empregos e maiores divisas para o país; e unir e fortalecer os laços da família Limousin, colocando a raça em primeiro lugar de destaque no cenário da pecuária nacional.

Como vimos nesse texto, a raça Limousin apresenta vantagens para criadores inseridos na agropecuária brasileira. Com sua capacidade de produção de carne e leite de excelente qualidade, assim como suas habilidades de parto e alta fertilidade, o bovino vem ganhando destaque e tem sido intensamente disputado e selecionado para o sistema pecuário e criadores de gado de todo o país. Se deseja obter mais informações sobre o agronegócio nacional, não deixe de ler nosso artigo completo sobre pecuária e criação de gado no Brasil!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.