Capim Mombaça

O que é Capim Elefante e como cultivá-lo?

Existem muitos cultivos efetivos para serem transformados em silagem para fornecer a uma pecuária. Citando exemplos, temos o milho e o sorgo, que, além de alimentar os animais, também lhes dá muita proteína e, por consequência, fazem com que tenham mais energia. 

Entretanto, sabe-se que o milho e o sorgo são um pouco mais complexos de semear, plantar e de transformar em silagem.

Foi vendo essa complexidade, então, que decidimos procurar uma planta mais simples de virar silagem e que também fosse nutritiva para o seu rebanho. Essa planta pode ser, portanto, o capim elefante. Continue a leitura e conheça mais sobre suas particularidades características e de cultivo!

O que é capim elefante?

O capim elefante (penissetum purpureum) é uma espécie de planta tropical, nativa da África e que foi introduzida no Brasil em torno de 1920. 

Trata-se de uma planta que pode variar de 30 cm a 10 m de altura, com caules dispostos em touceiras (conjunto de plantas de uma mesma espécie que nascem muito próximas umas das outras), abertas ou não. Suas folhas podem ser verde-escuro ou claras, que possuem entre 3 e 10 cm de largura.

Essa gramínea pode ser encontrada desde o nível do mar a altitudes que variam de 1500 e 1800 m. Pode ser encontrada, também, em barrancas de rios, regiões úmidas e florestas. 

É uma gramínea usada, principalmente, para a silagem. E, assim como o capim mombaça, também exige que o solo seja intensamente fértil para poder crescer. 

Impedimento para o cultivo do capim elefante

Antes de entrarmos no mérito do plantio do capim elefante, devemos alertar sobre alguns impedimentos para o seu cultivo.

Seu único impedimento é que não pode ser cultivado em associação às leguminosas, por acabar se sobressaindo além do cultivo principal.

Isso pois pode ser considerada uma planta extremamente agressiva e de difícil controle, adentrando a terrenos que não são próprios para ela. Portanto, se você não pretende plantá-la para realizar a silagem, ignore completamente a existência desta planta! Pois ela pode infestar lavouras e pomares, competindo por água e nutrientes com as outras plantas.

Como plantar o capim elefante?

O plantio do capim elefante deve ser realizado no início do período chuvoso. Para começar, suas mudas devem ter mais de 100 dias de idade e necessitam ser postas horizontalmente em covas com 15 a 20 cm de profundidade. 

Adubação 

A adubação do capim elefante, por sua vez, deve ser realizada durante a estação chuvosa, sendo utilizadas soluções de 40 kg de fósforo, 120 kg de potássio e 80 kg de nitrogênio por hectare (caso não haja adubação orgânica).

Quando colher o capim elefante? 

O corte deve ser feito quando o capim elefante estiver entre 1,50 e 1,80 m de altura ou quando surgirem as primeiras folhas secas em sua base. 

Essa gramínea pode ser cortada com a ajuda de uma foice ou enxada bem amolada, fazendo o corte entre 20 cm a 30 cm acima do solo.

Caso tenha interesse em transformar o capim elefante em silagem, utilize a ajuda de uma ensiladeira.
Tenho certeza que, a partir deste artigo, você conseguiu compreender um pouco mais sobre o plantio de capim elefante, caso tenha se interessado e queira implementar esse plantio, dê uma olhada de tornar a sua irrigação mais efetiva com os drones de irrigação! Bom cultivo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.