Produtos Agrícolas

Produtos agrícolas: O que é e qual a sua importância para o agronegócio?

O Brasil tem se tornado surpreendentemente eficaz na produção agrícola de produtos agrícolas. Isso principalmente se levarmos em consideração que em 2017 o país alcançou seu recorde de produção de grãos (240 milhões) e que produz e distribui, tanto internamente quanto para o exterior, mais de 400 produtos de origem animal. 

No mesmo ano, as exportações de produtos agrícolas nacionais alcançaram o valor de US $96,1 bilhões em faturamento e foram responsáveis por 44,1% de tudo que o Brasil exportou, como mercadoria, durante o período. 

Isso se deu principalmente pelo fato de que praticamente todas as cadeias produtivas dentro do agronegócio foram modernizadas. 

Essa modernização, por sua vez, englobou os processos das atividades agrícolas no geral, como a produção de insumos, processamento e distribuição dos produtos (transporte). Isso, então, foi essencial para o agronegócio se tornar peça chave na elevação do Produto Interno Bruto (PIB) Brasileiro.

Por isso, é essencial entendermos um pouco mais sobre os produtos brasileiros que são exportados, a história dos produtos agrícolas em nosso país e sua importância para o agronegócio nacional.

Qual o conceito de produtos agrícolas?

Os produtos agrícolas derivam da prática de produção no campo (agricultura), que consiste no uso dos solos para cultivo de vegetais ou para a domesticação de animais. 

Além disso, a agricultura é uma das práticas mais antigas da história. 

História dos produtos agrícolas

A produção agrícola começou há mais de 12 mil anos e foi desenvolvida durante o período Neolítico. Trata-se de um dos processos que constituíram as primeiras civilizações humanas, uma vez que todas já praticavam algum tipo de manejo e cultivo de solos.

Mas foi com o passar das três revoluções industriais que a prática da produção agrícola se tornou o que conhecemos hoje. Fundamentando-se em procedimentos avançados, hoje existem técnicas super avançadas em manejo do solo, máquinas e colheitadeiras que podem realizar o trabalho de dezenas — ou até centenas — de trabalhadores em uma velocidade bem maior. 

Além disso, existem avanços da ciência como o desenvolvimento da biotecnologia. A biotecnologia funciona por meio de processos que utilizam organismos, como fungos e algas, ou técnicas como o DNA para modificar um produto ou ecossistema. Isso significa, então, que as práticas agrícolas cada vez estão mais adequadas e subordinadas à ciência e à produção de conhecimento.

Pode-se dizer, portanto, que a produção agrícola é uma das práticas mais importantes da história para a construção e manutenção da sociedade. E, também, que isso é indiscutível.

Top 5 produtos agrícolas (commodities) exportados pelo Brasil em 2020

Já que entendemos um pouco sobre a história desses produtos agrícolas, vamos falar sobre os mais importantes da atualidade. A seguir, listamos as 5 commodities mais exportadas pelo Brasil, segundo um ranking atualizado de 2020.

1º Soja 

A soja possui 12% de participação nas exportações feitas pelo Brasil, sendo o segundo maior produtor de soja do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos da América. 

O estado brasileiro que mais exportou soja em 2020 foi o Mato Grosso.

2º Óleos brutos (petróleo e minerais betuminosos) 

O principal destino das exportações de petróleo e óleos minerais betuminosos é, atualmente, a China. O país recebe 64% da exportação dessas commodities, seguido pelos EUA, com 13%.

O estado que mais exportou petróleo no Brasil,até o momento, foi o Rio de Janeiro.

3º Minério de ferro e concentrados 

Sendo também exportado principalmente para a China, o minério de ferro representa quase em torno de 9% do total das exportações brasileiras.

4º Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos

Diferente dos óleos brutos, esses são refinados. E que, por terem passado por processos industriais, possuem maior importância e mais valor para a exportação.

5º Carne bovina fresca, refrigerada ou congelada

Assim como os óleos brutos e o minério de ferro, a carne bovina também possui o mesmo destino principal: a China, com aproximadamente 40% das exportações desse produto. 

Pudemos ver, então, que o Brasil possui muito potencial e já está aproveitando desse fator para realizar exportações para o mundo inteiro. Além disso, nossos estados possuem um papel importantíssimo de manter as exportações consistentes para gerar lucro para a nação. 

Se você gostou deste texto e quer entender como é possível inovar para gerar cada vez mais lucro na sua fazenda, leia também nosso artigo sobre o que são Commodities e aproveite todos os benefícios que o conhecimento pode lhe fornecer!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.