Plantio de batata: do cultivo à colheita

Plantio de batata: guia do cultivo à colheita

Muito consumida na culinária brasileira, a batata é considerada a hortaliça mais importante do país. Sua versatilidade faz com que ela possa ser preparada frita, cozida, assada, em forma de purê e em diversas receitas. 

A batata também é a terceira cultura alimentar mais importante do mundo, e estima-se que mais de um bilhão de pessoas consomem esse alimento por dia. Devido à importância da sua produção na agricultura, preparamos esse texto com informações valiosas sobre como realizar uma plantação de batata de sucesso. Continue a leitura!

Motivos para plantar batata

A batata é um tubérculo rico em amido, que contém uma quantidade significativa de carboidratos, além de proteínas de alta qualidade, potássio e algumas vitaminas, como a C. Portanto, quando não passa pelo processo de fritura, trata-se de um alimento muito nutritivo.

No Brasil, a produção em massa de batata ocorre em pelo menos sete estados. A maior parte dessa produção é comercializada in natura, e apenas 10% é destinada ao processamento industrial, nas formas de pré-frita congelada, chips e batata palha.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura — FAO, a produtividade no país aumentou muito nos últimos anos. Isso se deve principalmente à melhoria das técnicas de cultivo empregadas, assim como por melhores cultivares e pela qualidade das sementes utilizadas.

Dada a sua popularidade e importância na culinária mundial, plantar batatas é garantia certa de comercialização. Além disso, as previsões são que esse alimento seja cada vez mais utilizado na indústria de alimentos nos próximos anos.

Como fazer o plantio de batata?

A batata é muito cultivada em grandes lavouras, contudo, sua plantação pode ser feita até mesmo em vasos, sacos e recipientes. Confira a seguir os principais pontos ao realizar o cultivo de batata:

Escolha qual variedade você vai plantar

Atualmente, existem mais de quatro mil variedades cultivadas de batata. As cultivares são divididas entre as de consumo de mesa e as que se destinam ao processamento industrial. Dessa forma, saber as características da variedade escolhida é muito importante para uma boa produtividade.

Use uma batata-semente de qualidade

É hora de pensar na batata-semente, ou seja, a batata em broto que vai dar origem ao pé. Os brotos devem ter cerca de 1 cm e estar em boas condições. Para isso, eles devem ser de boa procedência, ou seja, de produção certificada, para garantir um bom estado fisiológico e uma brotação adequada.

Saiba o melhor clima para esse cultivo

As melhores produções de batata têm sido observadas em regiões de temperaturas amenas e boa luminosidade. Dessa forma, entre 15 °C e 20 °C é a temperatura ideal para garantir boa produtividade e qualidade dos tubérculos.

No Brasil, os grandes volumes de batata são cultivados em períodos quentes, de setembro a janeiro. É importante ressaltar que temperaturas noturnas acima de 22 °C e o excesso de chuva reduzem significativamente a produção desse alimento.

Saiba como preparar o solo

O recomendado é que o terreno seja bem drenado e não tenha excesso de umidade ou compactação, com o pH ideal entre 5 e 6. Além disso, o solo deve ser profundo, fértil, rico em nitrogênio, com baixa salinidade e sem pedras ou outros detritos.

Faça a semeadura da forma correta

Ao iniciar a plantação, faça sulcos na terra com 10 a 15 cm de profundidade, com espaçamento entre eles de 70 a 90 cm. Antes de colocar as batatas-semente, é preciso fazer a adubação da terra. Após esse processo, deposite os tubérculos a cerca de 15 cm de profundidade e cubra-os com terra. 

Faça a adubação do solo

Para fazer a adubação correta, o ideal é realizar a análise do solo para saber quais são os nutrientes que a área precisa. Com base nisso, é possível fazer a adubação com adubo orgânico ou fertilizantes químicos. Nos dois casos, distribua o material no sulco da terra e misture-o ao solo, tomando cuidado para que ele não tenha contato direto com o tubérculo.

Realize a irrigação ideal

Faça a irrigação de forma a manter o solo sempre levemente úmido. Tome cuidado com o excesso de água, já que isso facilita o surgimento de doenças na plantação. Por fim, suspenda a irrigação nas duas últimas semanas antes de fazer a colheita.

Como realizar a colheita da batata?

A colheita se inicia de três a quatro meses após o plantio, quando as hastes da planta estão totalmente secas e os tubérculos bem firmes. Geralmente, esse processo é semimecanizado, com uso de arrancadores que expõem os tubérculos, e posteriormente colhidos manualmente.

Sabemos que deixar a planta secar antes de iniciar a colheita permite que as batatas fiquem armazenadas por um período maior. Contudo, nesse período, é necessário que o solo não esteja úmido. 

Como proteger sua plantação de batata contra pragas e doenças?

A batata é uma planta muito sensível à influência de plantas invasoras. Para o seu controle, é recomendado realizar o método cultural, a rotação de culturas, o espaçamento adequado que permita a incidência de luz e deixar a área livre de daninhas após o cultivo.

Além disso, o cultivo da batata sofre com diversos insetos e pragas como pulgões, mosca minadora, traça, lagarta rosca, burrinho (Epicauta atomaria) e vaquinha (Diabrotica speciosa). Em relação às doenças, as principais nesse plantio são a Pinta Preta e a Requeima.

O manejo integrado de ferramentas de controle tanto para pragas quanto para doenças é essencial na cultura de batata. Além disso, também é importante fazer um acompanhamento constante das folhas, caules e tubérculos para verificar o aparecimento de doenças e pragas e, assim, evitar riscos de perda de produção.

O processo de produção de batata no Brasil vêm passando por constantes avanços industriais. Contudo, é importante que haja ainda mais a incorporação de tecnologias e produtos tecnológicos para manter a competitividade e sustentabilidade da produção nacional desse tubérculo. Gostou do nosso conteúdo? Leia também nosso artigo sobre plantio de trigo e saiba como aumentar a produtividade desse cereal na sua lavoura!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.