Uma plantação de algodão no Brasil

Plantação de algodão: tudo que o produtor precisa saber

Produzido para diversos fins, o algodão é a fibra têxtil mais usada no mundo. Fruto do algodoeiro, é um produto cultivado há bastante tempo no Brasil, além de ser uma das culturas mais tradicionais e importantes do agronegócio brasileiro.

Plantar algodão pode ser um excelente negócio para você e sua propriedade. Para saber tudo que precisa sobre o cultivo de algodão, assim como os benefícios da prática no mercado atual, continue lendo o conteúdo que preparamos pra você!

A plantação de algodão no Brasil

O Brasil é o segundo maior exportador de algodão do mundo. Além disso, o país está em quinto lugar no ranking mundial de produção do produto, sendo a Índia, a China e os Estados Unidos os maiores produtores atualmente.

Isso acontece muito porque o clima do Brasil é favorável, trazendo vantagens no plantio de algodão em relação a outros países, já que é possível fazer um manejo ao longo de todo ano.

De acordo com a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão — ABRAPA, os estados do Mato Grosso do Sul e da Bahia concentram aproximadamente 90% da produção nacional de algodão. Além disso, na década atual, é estimado um crescimento de mais de 40% na produtividade no país.

Como realizar o plantio de algodão?

Para cultivar algodão e ter maior produtividade na safra, é necessário saber algumas informações e seguir algumas dicas para o correto plantio. Confira a seguir.

Prepare o solo

Para a preparação do cultivo, é fundamental realizar uma análise do solo. Dessa forma, é possível programar as atividades agrícolas da sua propriedade, assim como realizar orçamentos para compra de adubos e corretivos agrícolas, além de gerenciar o estoque.

Também é importante que o plantio de algodão seja feito em áreas planas, que facilitam os processos de drenagem e a mecanização, e em terrenos limpos, sem a presença de ervas daninhas.

Realize o cultivo na melhor época

O plantio de algodão é feito em cada região do Brasil em uma época diferente, dependendo das condições climáticas. Portanto, o que determina a melhor época é o zoneamento e o regime de chuvas regionais.

Exemplificando algumas regiões, o melhor momento de cultivo para a região Norte e para o Mato Grosso é entre dezembro e fevereiro; para o Maranhão, Piauí e Goiás, entre dezembro e janeiro; para a Bahia entre novembro e fevereiro; para o Mato Grosso do Sul entre novembro e janeiro, para Minas Gerais entre novembro e março; enquanto para São Paulo e Paraná, o momento ideal para realizar o plantio é entre outubro e dezembro.

Entenda como fazer a semeadura de forma correta

As sementes de algodão devem ser alocadas entre 5 e 8 cm de profundidade no solo. Além disso, a média de sementes é de 30 a 40 por metro de sulco, com cobertura de pouca terra.

A aração do solo, por sua vez, não pode ser feita mais de duas vezes no plantio. Em termos de espaçamento, estudos mostram que cerca de 2/3 da altura das plantas é o ideal para o desenvolvimento correto do algodão.

Saiba fazer a adubação do plantio

O adubamento do plantio de algodão pode ser feito junto com a semeação e, geralmente, é realizado no sulco da terra. Porém, a adubação também pode ser realizada em diferentes momentos para suprir as necessidades do cultivo.

Nesses casos, ela é feita entre 30 e 35 dias após a emergência e entre 20 e 30 dias após a primeira adubação. A recomendação da quantidade de nutrientes, por sua vez, é feita através da análise do solo.

Saiba como é feita a colheita

Atualmente, com a modernização da lavoura de algodão, a colheita do plantio está sendo muito realizada de maneira mecânica. A colheita é uma etapa delicada na cultura do algodão, já que exige cuidado com a fibra e é um momento suscetível a grandes perdas.

Assim, são utilizados sistemas como o Stripper e o Picker, que podem ser econômicos e eficazes no processo, minimizando as perdas na produção.

Como proteger a plantação de algodão contra pragas e doenças?

Como o Brasil é um país de clima tropical, acaba por ser propensa a ocorrência e maior propagação de pragas e ervas daninhas nas plantações. Assim, é necessário atenção e um cuidado maior nesse aspecto.

Dessa forma, as doenças que mais acometem as plantações de algodão são a Mancha de Ramulária, a Ramulose e a Mancha Angular. Já em relação às pragas, as mais importantes nesse tipo de plantio são a Broca da Raiz, as Lagartas desfolhadoras e o Bicudo.

As medidas de manejo mais recomendadas para o controle de doenças e pragas no cultivo de algodão são o uso de variedades resistentes, a rotação de culturas, o controle biológico, o espaçamento das plantas e o controle químico.

Os momentos mais adequados para a aplicação de herbicidas nas lavouras, para não ocasionar danos, são o pré-plantio, o pré-emergência da cultura, o pós-emergência da cultura e a fase de dessecação de plantas.

Benefícios de plantar algodão

O algodão é um produto com elevada demanda mundial. Além de sua utilização na indústria têxtil, as fibras do algodão são muito usadas em redes de pesca, filtros de café, tendas, fabricação de explosivos, papel de algodão, encadernações, entre outros.

Além disso, é um produto utilizado como alimento, já que sua semente é usada para produzir o óleo de algodão, e a farinha produzida com a semente é usada na alimentação de animais, principalmente ruminantes.

Considerando que o plantio de algodão não exige um investimento tão grande, seu cultivo oferece uma série de oportunidades de crescimento no mercado do agronegócio. Por fim, ter uma plantação de algodão é uma maneira de diversificar a produção em sua fazenda.

Agora que você já sabe as informações que precisava para começar a plantar algodão em sua propriedade, não deixe de conferir também o nosso texto com informações e dicas muito importantes sobre o plantio de morango!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.