Tarifa Social de Energia: Veja se você tem esse benefício

Tarifa Social de Energia: Veja se você tem esse benefício

Já pensou em abrir sua conta de eletricidade e descobrir que você é elegível para um desconto especial? Muitas famílias têm esse privilégio graças à Tarifa Social de Energia Elétrica, um programa do governo que oferece benefícios exclusivos para aqueles com baixa renda.

Esses descontos podem chegar a até 100%, permitindo que muitas pessoas economizem significativamente em suas contas de luz.

Neste artigo, exploraremos em detalhes o que é a Tarifa Social de Energia Elétrica e como você pode se inscrever para aproveitar essa oportunidade. Continue lendo!

Tarifa Social de Energia Elétrica: Entenda os Benefícios

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um programa governamental criado para ajudar famílias de baixa renda que consomem menos de 220 kWh por mês a economizarem em suas contas de luz. A grande vantagem é que esses descontos são aplicados automaticamente, sem a necessidade de inscrição nas empresas de energia elétrica.

Quem Tem Direito a Este Benefício?

A Tarifa Social de Energia Elétrica destina-se a auxiliar famílias de baixa renda a reduzirem seus gastos com energia elétrica. Para se qualificar, é necessário atender a um dos seguintes critérios:

  1. Estar cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e ter uma renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa.
  2. Ser idoso com 65 anos ou mais ou pessoa com deficiência que recebe o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC).
  3. Estar inscrito no Cadastro Único e ter uma renda mensal de até 3 salários mínimos, desde que haja em sua residência uma pessoa com doença ou deficiência que necessite de aparelhos com consumo constante de energia elétrica.

Se você se encaixa em algum desses requisitos, você tem direito ao desconto automático da Tarifa Social de Energia Elétrica, o que pode representar uma economia significativa em suas despesas.

Passo a Passo para a Inscrição

Anteriormente, o processo de inscrição para a Tarifa Social de Energia Elétrica envolvia dois cadastros separados, um no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) para obter o número do NIS (Número de Identificação Social) e outro na companhia de energia para liberar o benefício.

Entretanto, desde janeiro de 2022, esse procedimento foi simplificado. Veja como você pode se inscrever para obter o benefício:

  1. Dirija-se ao CRAS mais próximo de sua residência.
  2. Certifique-se de levar consigo toda a documentação necessária, incluindo a documentação de todas as pessoas que vivem com você.
  3. Realize o Cadastro Único para receber o número do NIS.
  4. Aguarde a aprovação da inclusão no programa, desde que você atenda aos requisitos necessários.

Graças à Lei nº 14.203/2021 e ao protocolo assinado entre a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e o Ministério da Cidadania, o benefício agora é concedido automaticamente, eliminando a necessidade de fazer dois cadastros. O Cadastro Único é suficiente para análise e concessão do benefício às famílias.

Tabela de Consumo x Desconto

Você está curioso para saber quanto você pode economizar com sua Tarifa Social de Energia Elétrica? Confira a tabela abaixo:

  • Consumo de 0 a 30 kWh: Desconto de 65% (para famílias classificadas como B1 subclasse baixa renda).
  • Consumo de 31 a 100 kWh: Desconto de 40%.
  • Consumo de 101 a 220 kWh: Desconto de 10%.
  • Consumo acima de 221 kWh: Sem desconto.

Para os povos indígenas, existe uma tarifa diferenciada. Veja os descontos disponíveis para essa população:

  • Consumo de 0 a 50 kWh: Desconto de 100% (para famílias classificadas como B1 subclasse baixa renda).
  • Consumo de 51 a 100 kWh: Desconto de 40%.
  • Consumo de 101 a 220 kWh: Desconto de 10%.
  • Consumo acima de 221 kWh: Sem desconto.

Portanto, é importante estar ciente dessas faixas de consumo para calcular seus benefícios com precisão.

Documentação Necessária

Ao se inscrever para a Tarifa Social de Energia Elétrica, é fundamental ter em mãos a seguinte documentação:

  • RG.
  • CPF.
  • Certidão de nascimento ou casamento.
  • Comprovante de renda (se disponível).
  • Comprovante de residência.
  • Toda a documentação das pessoas que vivem com você.

O cadastro é realizado imediatamente, e você será incluído no CadÚnico, onde sua elegibilidade para o benefício será analisada.

Outros Benefícios Disponíveis

Além da Tarifa Social de Energia Elétrica, há outros programas sociais do governo federal que podem beneficiar você e sua família. Manter seu cadastro atualizado no CRAS é fundamental para garantir acesso a esses benefícios. Aqui estão alguns deles:

  • Bolsa Família: Destinado a famílias em situação de extrema pobreza ou pobreza, oferecendo um auxílio mensal de R$ 600,00.
  • Auxílio Gás: Benefício bimestral equivalente a 100% do valor médio nacional do gás de cozinha, concedido a famílias de baixa renda.
  • Benefício de Prestação Continuada: Pagamento mensal de 1 salário mínimo para pessoas com mais de 65 anos ou com deficiência que comprovem incapacidade de se sustentar e não possam contar com apoio financeiro da família.
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil: Transferência de renda para crianças e adolescentes com menos de 16 anos, com o objetivo de evitar que trabalhem e possam frequentar a escola.
  • Garantia-Safra: Programa destinado a agricultores.
  • Seguro-Defeso: Programa destinado a pescadores artesanais.

Para receber esses benefícios mensais do governo, é essencial manter seu cadastro

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

Sem comentários
string(4) "4096"