Viagem de graça para idosos: descubra como ter passagens de GRAÇA

Já imaginou viajar para qualquer estado do país de forma gratuita? Esse é um direito de todas as pessoas com mais de 60 anos. Nesse artigo vamos te explicar como conseguir

Viagem de graça para idosos: descubra como ter passagens de GRAÇA

Já pensou em viajar para qualquer estado do país sem custos? Isso é um direito assegurado a todas as pessoas com mais de 60 anos pelo artigo 40 do Estatuto do Idoso, que garante assentos gratuitos em ônibus ou trens.

Se você não souber como obter as passagens gratuitas ou tiver alguma dúvida, continue lendo, pois preparamos um conteúdo que responderá a todas as suas perguntas.

Como Obter uma Viagem Gratuita para Idosos?

No Brasil, pessoas com mais de 60 anos e com renda mensal individual de até dois salários mínimos têm o direito de realizar viagens interestaduais de forma gratuita. Cada veículo deve reservar dois assentos exclusivamente para esse fim.

Se um idoso chegar ao guichê com a documentação em mãos buscando uma passagem gratuita, e todos os assentos gratuitos já estiverem ocupados, a empresa de transporte é obrigada a oferecer um bilhete com, no mínimo, 50% de desconto para a mesma viagem.

Nesse caso, o viajante pode escolher entre esperar pela próxima viagem disponível ou adquirir a passagem com o desconto oferecido pela empresa de transporte.

É importante ressaltar que a retirada da passagem gratuita deve ser feita com antecedência, no máximo três horas antes da viagem. Se possível, é recomendável pesquisar e retirar a passagem 30 dias antes.

Outro ponto relevante é que a passagem de volta da viagem pode e deve ser solicitada no momento da retirada do bilhete de ida.

No entanto, apesar de haver apenas dois critérios simples para obter a gratuidade, é essencial garantir que seja possível comprovar tanto a idade quanto a renda por meio da documentação necessária.

Documentos Necessários

Para obter a gratuidade em viagens interestaduais, é necessário atender a dois requisitos:

  1. Ter 60 anos ou mais.
  2. Possuir renda mensal individual de até dois salários mínimos.

Apesar de haver apenas duas regras, é importante cumpri-las e comprová-las. A idade pode ser facilmente confirmada com a carteira de identidade. No caso da renda, há diversas opções de documentação, como a Carteira de Trabalho e Previdência Social atualizada, carnê de contribuição para o INSS, contracheque de pagamento, extrato de pagamento de benefício ou declaração fornecida pelo INSS ou outro regime de previdência social.

Outra forma de comprovar renda é por meio da Carteira do Idoso.

O que é a Carteira do Idoso?

Também conhecida como Carteira da Pessoa Idosa, a Carteira do Idoso é um documento criado para facilitar a comprovação de idade e renda. Ela possui um código alfanumérico e um QR Code para verificar sua validade e acessar os dados do portador.

Aqueles que já possuem a Carteira do Idoso não precisam apresentar documentação que comprove renda na hora de retirar sua passagem, apenas a carteira e um documento de identificação.

A Carteira do Idoso é especialmente útil para os idosos que não possuem nenhuma fonte de renda e, portanto, não conseguem comprovar a renda de outras maneiras.

Como Fazer a Carteira do Idoso?

Embora não seja obrigatória, a Carteira do Idoso é um excelente documento para comprovar renda máxima de dois salários mínimos e garantir o benefício. Para emitir o documento, o idoso pode acessar o Portal Carteira do Idoso e realizar seu próprio cadastro.

É importante destacar que, para solicitar a Carteira do Idoso, a pessoa precisa estar registrada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), indicando oficialmente que sua renda individual é de até dois salários mínimos. O CadÚnico gera o Número de Inscrição Social (NIS), essencial para o cadastro.

Para realizar o CadÚnico, basta baixar o aplicativo ou acessar a página pela Web. O pré-cadastro deve ser finalizado no Centro de Referência de Assistência Social (Cras). É fundamental comparecer ao Cras da cidade para complementar e confirmar os dados familiares.

Se houver dificuldades em acessar as plataformas, o Cras pode realizar o cadastro inicial no CadÚnico e também cadastrar a Carteira do Idoso.

É necessário ter atenção aos prazos, pois esses processos podem interferir na viagem. A Carteira do Idoso pode levar até 45 dias para ficar pronta.

Pronto para a Viagem!

Finalmente, chegou a hora da tão sonhada viagem. Mesmo sendo gratuita, alguns cuidados garantem que a viagem seja 100% segura e proveitosa.

Antes de tudo, certifique-se de que sua casa está segura. Todas as portas e janelas devem estar trancadas, e se possível, considere um seguro residencial.

Em seguida, confira se você tem os documentos de identificação e a passagem em mãos para garantir o embarque. Além dos documentos, não se esqueça da passagem.

Chegue na rodoviária ou ponto de embarque com pelo menos meia hora de antecedência. E, claro, preste atenção para não esquecer nenhum pertence.

Agora, com tudo em ordem, é hora de embarcar!

As viagens gratuitas e os descontos nas passagens são seus por direito. Portanto, não deixe de usufruir deles.

Boa viagem!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

Sem comentários
string(4) "4096"