Barter: entenda tudo sobre o crédito que vem ajudando os agricultores

Barter: entenda tudo sobre o crédito que vem ajudando os agricultores

A operação Barter vem se tornando cada vez mais presente no cenário do agricultor e empresário brasileiro e podendo ser um facilitador de negócios para o pequeno e médio produtor. Dentre as opções de crédito rural, o Barter tem se mostrado uma ótima alternativa para quem quer investir sem ter que pedir empréstimos ou linhas de créditos com alta taxa de juros.

Você vai ver nesse post:

  • O que é?
  • Como funciona?
  • Vantagens
  • Quem pode fazer?
  • Empresas que fazem barter
  • Precauções

O que é Barter?

O termo Barter, derivado do inglês, significa “troca” e consiste em trocas que procuram melhorar as relações comerciais. A aplicação do Barter ao agronegócio pode ser o pagamento de insumos ou de máquinas agrícolas com os grãos que serão produzidos. É uma ferramenta muito importante, que possibilita ao produtor acesso a produtos sem ter que necessariamente tirar dinheiro do bolso, viabilizando boas oportunidades.

barter

Como funciona o Barter?

O Barter é aplicado através de negociações entre os produtores rurais e os comerciantes de insumos ou máquinas. Em vez de efetuar a compra do insumo e depois a venda dos grãos produzidos, a cadeia de produção pode ser facilitada.

O comerciante de insumos ou máquinas fornece o necessário para o plantio, o produtor paga com grãos que já foram colhidos ou com os que serão plantados. Ele revende os grãos adquiridos, normalmente sem visar lucro em cima desse produto. Tradings e  indústrias compram desse comerciante.

Vantagens do Barter

As vantagens do Barter são cada vez mais comprovadas no Brasil, visto que é uma operação que vem crescendo significativamente nos últimos anos.

  • Financiamento seguro: O Barter mostra-se uma ótima oportunidade de uma espécie de financiamento. O produtor rural pode não ter no momento o dinheiro necessário para investir em insumos de qualidade. Dessa forma, a operação garante a este produtor a possibilidade de ter acesso aos insumos e pagar com uma moeda garantida: os grãos.
  • Juros e taxas: O sistema de Barter possibilita que produtores com menos acesso ao crédito rural ainda assim consigam realizar suas atividades. Além de evitar os juros e taxas dos bancos em certas épocas.
  • Facilitação comercial: O produtor não terá que se preocupar com o armazenamento dos grãos em questão. Se o negociado for 10% dos grãos colhidos, essa porcentagem já tem um lugar garantido de destino. Sendo assim, não há necessidade de focar no seu armazenamento.
  • Preocupações com compradores: Em algumas vezes, o destino daqueles grãos pode ser um problema para o produtor rural. Com o Barter, os grãos serão passados ao fornecedor de insumos e esse é o responsável pelo encaminhamento do produto.
  • Nome no mercado: O Barter possibilita contato com compradores que em outras ocasiões poderiam não ser possíveis. Assim, o produtor rural expande seu mercado e faz com que novos compradores conheçam seu produto.

barter

Quem pode fazer Barter?

O sistema de Barter pode ser realizado por quaisquer produtores que estejam interessados nas vantagens listadas acima. Sendo uma alternativa excelente para pequenos e médios produtores,  pode ser realizado por um produtor que encontre e negocie com o seu fornecedor de insumos a implementação do sistema nas suas relações comerciais.

Empresas que fazem barter

Por se tratar de um método que beneficia todas as partes envolvidas, várias empresas adotam o sistema como uma das possibilidades de negócios, facilitando a vida de muitos produtores rurais.

Na área de insumos, empresas conhecidas fazem parte do conglomerado que realiza transações comerciais também pelo sistema, como:

Na área de maquinário agrícola, temos a Agritech, empresa de tratores localizada no interior de São Paulo, e a Pinhalense, também no interior de São Paulo, que durante o evento Agrishow expôs seus produtos com preços avaliados em sacas de café. Ambas as empresas realizam trocas por sistema Barter há alguns anos.

Precauções

O Barter, quando bem aplicado, pode ser extremamente benéfico para todos os envolvidos na negociação. Porém, se não for analisado por alguém com conhecimento prévio, pode gerar aborrecimentos e não atender às expectativas do produtor.

  • Cuidados com os juros: apesar de na maioria das vezes ser vantajoso, os juros podem, em algumas situações, se tornarem mais altos que os de linhas de crédito oficiais. Por isso, é necessário extremo cuidado e análise antes de fechar um negócio do tipo.
  • Análise da equivalência-preço dos produtos: é necessário conferir se a equivalência-preço do produto está justa. As indústrias de insumo tem grande conhecimento e profissionais voltados somente para a área de análise dessa equivalência, às vezes podendo sobrepor-se ao pequeno produtor. Por isso, é necessário muita pesquisa e, se possível, é recomendado o auxílio feito por um profissional ou uma empresa de consultoria especializada.
  • Avaliação de custo benefício da situação: Apesar de aparentar ser um bom negócio, é necessária a análise detalhada das condições apresentadas. Procurar mais de uma proposta e compará-las, ler com cuidado os termos e procurar auxílio de especialistas garante o sucesso da sua negociação.

Bart Digital

Uma das startups de destaque na área é a Bart Digital. Conversamos com o Thiago Zampieri , co-fundador e CFO da empresa. Ele nos explicou o que motivou a abertura da empresa e como eles ajudam os produtores.

“A Bart (Digital) surgiu da necessidade de melhorar a gestão das operações de crédito privado agrícola. Observamos que isso era feito fora, muitas vezes, do ERP das empresas e com isso, furo nos processos internos e gerando perda de dinheiro.

Temos o lema de trazer agilidade, transparência e governança aos títulos do agronegócio e utilizamos a tecnologia, a exemplo do blockchain, que é como uma grande rede onde permite trazer esses pilares a todo o processo e cadeia envolvida.

Apesar do nome da empresa remeter a barter, que é uma das formas de financiar o produtor, fazemos mais que isso.

Simplificamos qualquer operação financeira com expertise em agronegócio. Além da formalização dos contratos, também fomos para área de compliance sócio-ambiental e análise cadastral para permitir o nosso cliente (credor) ter mais segurança na hora de conceder o insumo ao produtor.

Para finalizar, fazemos o monitoramento via satélite dessa produção para acompanhar seu desenvolvimento e garantir ainda mais ao credor o recebimento. Ou seja, todo crédito concedido pode ser assistido pelo credor e seus envolvidos.”

Confira também o vídeo institucional da empresa:

Saiba tudo sobre o GPS Agrícola
8 tecnologias que mudaram as atividades no campo
Entenda tudo sobre Drones na Agricultura
MAIS PUBLICAÇÕES
2018-08-28T22:09:14+00:00 0 Comments

About the Author:

Leave A Comment