sensoriamento-remoto

Sensoriamento remoto na agricultura

Powered by Rock Convert

Tecnologia no Campo

Sensioriamento remoto: Sensores estão cada vez mais presentes em nossas vidas. Nossos smartphones, computadores, eletrodomésticos e automóveis são exemplos recheados destes dispositivos.

Existem diversos tipos de sensores destinados às mais diferentes aplicações, mas todos têm uma coisa em comum: eles permitem que as máquinas “percebam” fenômenos externos, dos quais necessitam para funcionar. Este processo é chamado de sensoriamento.

Mas, você deve estar se perguntando: onde entra a relevância dos avanços tecnológicos do sensoriamento?

Pois bem. Com os sensores, conseguimos coletar mais dados, de maneira mais eficiente. Dessa forma, utilizamos a crescente capacidade de processamento e análise de dados para tomar decisões e ações mais inteligentes.

O que é sensoriamento remoto?

Benefícios! Essa é a palavra chave que deve vir a cabeça quando o assunto é programa de pontos e fidelidade. Para o produtor rural, não seria diferente.

A ideia é simples: quando comercializa algum insumo ou equipamento para a sua produção, o produtor recebe pontos. Esses pontos funcionam como moedas digitais e, quase que como em uma poupança, ao passar do tempo o produtor vai acumulando mais e mais pontos.

Pontos acumulados = dinheiro para o produtor! Usando as plataformas digitais, o produtor consegue trocar essas moedas digitais, os pontos, por produtos para a sua propriedade.

Resumindo: o produtor só tem a ganhar, e essa economia pode significar vários milhares de reais por ano.

O sensoriamento remoto na agricultura: aplicações

As principais aplicações desta técnica na agricultura consistem na captura de imagens sofisticadas sobre as plantações. Duas características determinantes destas imagens são: 

  • Captura multiespectral: sistemas sensores complexos capturam a luz em diversas faixas de frequência. Com isso, detectam informações que ajudam a mapear diferentes culturas em um mesmo território, por exemplo;
  • Periodicidade em que são geradas: por serem geradas imagens com diversas informações ao longo do tempo, de forma recorrente, é possível gerar análises sobre as evoluções dos estados das plantações.

Assim, técnicas de sensoriamento remoto formam um ferramental poderoso para monitoramento de plantações agrícolas. Assim, quando integradas a sistemas de análises de dados, elas têm demonstrado potencial para otimizar a produtividade no campo.

Algumas aplicações, já bastante comuns, são:

  • Estimativas de área plantada e de densidade de plantação;
  • Acompanhamento personalizado de diferentes culturas num território;
  • Avaliação sobre as condições das culturas;
  • Detecção de pragas nas plantações;
  • Coleta de informações sobre o manejo agrícola em diferente níveis (de país a fazendas).

E, o melhor de tudo, é que o custo para implementação do sensoriamento remoto caiu drasticamente com a popularização da aplicação de drones. Se, há poucos anos, essas técnicas demandavam o uso de satélites ou aviões, hoje os drones se mostram alternativas acessíveis e de alta qualidade.

Vantagens do sensoriamento campo

Quanto mais entendemos sobre as plantações, melhor somos capazes de gerenciá-las. Mas, por terem dimensões tão grandes, é impossível conhecê-las bem o suficiente sem fazer uso de tecnologias dedicadas a este propósito. 

A régua da demanda sobre qualidade e produtividade está cada vez mais alta também na agricultura. Por isso, é através da adoção de métodos modernos, baseados em dados, que se torna possível destacar um bom empreendimento no panorama atual.

O sensoriamento remoto está alinhado à proposta da agricultura de precisão. Isto é, produzir com máxima eficiência, reduzindo custos. Esta proposta oferece ao agricultor a possibilidade de alcançar lucros maiores, que eram inimagináveis em outrora.

O bom planejamento deve ser realizado com o pensamento no futuro. Sabendo disso, as vantagens da utilização de um sistema de sensoriamento remoto vão ainda além: informações coletadas sobre os territórios permitem uma gerência mais consciente da saúde do solo e do ambiente ao seu redor.

Esta consciência é imprescindível para obter alta qualidade no que se produz no presente. Assim, se garante que os recursos necessários para continuar produzindo estejam em plenas condições no futuro.

Resumidamente, podemos listar as principais vantagens da aplicação do sensoriamento remoto no seu negócio como:

  • Maior controle sobre a plantação;
  • Maior produtividade;
  • Mais qualidade nos produtos finais;
  • Redução de custos;
  • Produção saudável para o solo e meio ambiente no geral.

Fica claro, portanto, que o sensoriamento remoto é uma alternativa que tem muito a oferecer para a agricultura. Por isso, e por ter custos cada vez mais acessíveis, é aconselhável considerar adotá-lo nas suas plantações.

Por fim, ressaltamos que o real valor desta técnica é alcançado quando ela é associada a métodos inteligentes de análise de dados. Assim, é facilitada a tomada das melhores decisões para aumentar a rentabilidade do seu negócio. Este, por sua vez, representa um passo intermediário, mas que permite ir muito mais longe.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.