Plantação de Soja

Plantação de Soja: dicas para melhorar a sua produção

A plantação de soja demanda inúmeros cuidados para se ter uma colheita bem sucedida. É necessário compreender todas as questões relacionadas ao grão, desde o modo que deve ser plantado até como a manutenção da plantação deve ser realizada. 

Está planta necessita de calor e frio moderados para ter um desenvolvimento saudável, pois em climas secos ela tende a não se desenvolver de forma adequada, gerando prejuízos ao produtor.

Por isso, é importante estar sempre atento às particularidades que cercam essa cultura. 

Plantação de Soja no Brasil

A soja é o produto mais exportado do nosso país e está entre os grãos mais consumidos pelo brasileiro, estando presente em diferentes tipos de alimentos.

De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a produção de soja em grão do Brasil foi estimada em 125 milhões de toneladas para o ano comercial 2019/2020, ante 116 milhões do ano anterior. Já as exportações para 2019/2020 foram estimadas em 75 milhões de toneladas, ante 74 milhões de toneladas no ano anterior.

Esses números criam um cenário favorável na agricultura para quem deseja ingressar neste setor ou já é cultivador de soja. Por ser um grão de uso bastante democrático, o agricultor tem disponível um amplo leque de consumidores, conseguindo atender a mais de uma demanda, aumentando assim, os seus rendimentos financeiros.

Planejamento para o plantio de soja

Planejar o plantio da soja é essencial para garantir a lucratividade das lavouras. O planejamento da cultura deve ser feito com antecedência, dado que o período correto de plantio varia conforme cada região do país, microrregiões e variedade. Especialistas recomendam que, por via de regra, os produtores comecem a programar a semeadura da lavoura na entressafra.

Caso as lavouras não forem semeadas na época ideal, não alcançam o potencial produtivo necessário.Uma das principais razões para que os agricultores tenham dificuldade em plantar no período correto são as condições climáticas, como o atraso  ou excesso de chuvas, o dimensionamento das máquinas agrícolas, o atraso na compra de insumos, entre outros.

Para deixá-lo mais preparado para a execução, separamos alguns cuidados que você deve ter com a implantação e condução da lavoura de soja:

1. Condições climáticas: De acordo com a Embrapa Soja, a faixa de temperatura ideal para semeadura é de 25ºC, podendo variar entre 20ºC a 30ºC. Estar atento às previsões de chuva é fundamental, evitando assim problemas com déficit e replantios;

2. Semeadura: Observe sempre a época e profundidade da semeadura (de 3 a 5 centímetros), as cultivares (as adaptadas à região escolhida), o tratamento de sementes e a qualidade, a população de plantas adequadas, a compatibilidade dos produtos químicos, posição semente/adubo, controle de plantas daninhas, pragas e doenças;

3. Pragas e doenças: Realize o Monitoramento Integrado de Pragas (MIP) e o Monitoramento Integrado de Doenças (MID), desde a semeadura até a fase reprodutiva, principalmente devido a helicoverpa e a ferrugem asiática;

4. Acompanhamento técnico: Tenha o acompanhamento de um engenheiro agrônomo, uma vez que o conhecimento e o suporte dele são fundamentais para a tomada de decisão. Procure seguir as recomendações técnicas às aplicações: produto, temperatura, doses, umidade, entre outros, como a rotação de ingredientes ativos.

Importância da análise de solo na plantação de soja

O solo é um depósito para todos os elementos que as plantas precisam para crescer: nutrientes, matéria orgânica, água e ar. O solo também fornece suporte para as raízes das plantas. Quando adequadamente preparado e cuidado, o solo pode ser melhorado a cada ano e continuará a cultivar plantas para sempre. A falta de cuidado com o solo logo se tornará adequada apenas para o cultivo de ervas daninhas.

A qualidade do solo é um dos pontos fundamentais para que a plantação de soja seja um sucesso. A análise do solo serve para avaliar a fertilidade e analisar qual prática de calagem e adubação será usado no solo. 

É recomendado realizar a análise em sua propriedade cerca de 3 meses antes do plantio da soja, o solo ideal deve ser rico em nutrientes e não ser seco. A cultura tem facilidade de se desenvolver em regiões com calor e frio moderado e com chuvas regulares, como ocorre nas regiões Sul e Sudeste do país.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.