Bioenergia: entenda a importância dessa fonte de energia sustentável para o futuro

Bioenergia: entenda a importância dessa fonte de energia sustentável para o futuro

As fontes de energia utilizadas atualmente, como por exemplo o petróleo, causam grandes impactos ao meio ambiente, já que são poluentes e não renováveis. Além disso, como são finitos na natureza, está havendo o esgotamento desses recursos no mundo.

Dessa forma, formas alternativas de energia estão sendo cada vez mais buscadas. Entre elas, está a bioenergia, que traz uma série de vantagens em seu uso, apresentando-se como uma ótima alternativa à matriz energética mundial.

Sabemos que, até 2050, a bioenergia corresponderá a quase 30% de toda a energia usada no mundo. Dessa forma, fizemos esse conteúdo especial para você saber mais sobre essa fonte de energia sustentável.

Nesse texto, você entenderá o significado de bioenergia e biomassa, assim como sua utilização no Brasil, quais são os combustíveis produzidos através da bioenergia, além da importância e as desvantagens do seu uso. Esperamos que goste!

O que é a bioenergia?

Bioenergia é o nome dado à energia criada através da biomassa. Ela pode ser utilizada tanto na produção de combustíveis, quanto na geração de eletricidade e calor. Dessa forma, ela é considerada uma fonte de energia alternativa em relação às mais comuns. 

A bioenergia é caracterizada pelo seu baixo custo e por ser uma energia limpa, ou seja, que não emite muitos gases poluentes prejudiciais ao meio ambiente. Além disso, uma qualidade é que se trata de uma energia renovável, portanto, consegue fazer o reaproveitamento de produtos que geralmente são descartados.

Entenda o que é a biomassa

Biomassa é qualquer tipo de matéria orgânica gerada por seres vivos, podendo ser de origem vegetal ou animal. Seu uso permite a obtenção de energia elétrica e biocombustíveis, dessa forma, possibilita a criação da bioenergia. Com isso, a biomassa é considerada uma das principais alternativas para a diversificação na matriz energética.

Entre as fontes de biomassa utilizadas para a produção de bioenergia, podemos destacar: o bagaço da cana-de-açúcar; produtos agrícolas como milho e cereais; vegetais e frutas; dejetos orgânicos, como serragem e lixo orgânico; madeira e lenha; carvão vegetal e óleos vegetais, como por exemplo a soja e o dendê.

Combustíveis produzidos por meio da bioenergia

Os biocombustíveis mais conhecidos são o bioetanol e o biodiesel. No entanto, o biogás e o biometano também são combustíveis obtidos através da bioenergia. Saiba um pouco mais a seguir.

Bioetanol

O bioetanol é um combustível produzido por meio da utilização de resíduos agroindustriais, como por exemplo o milho e bagaço da cana-de-açúcar. No Brasil, ele passou a representar cerca de 50% do consumo nacional em 1994.

Biodiesel

O biodiesel é produzido a partir de óleos vegetais. Mesmo não sendo um combustível totalmente limpo, já que sua produção gera gases poluentes à atmosfera, ele representa uma boa alternativa ao uso do óleo diesel.

Biogás

O biogás é um combustível gasoso constituído, principalmente, por metano. Com alto poder calorífico, ele pode ser usado como uma alternativa mais sustentável ao gás natural, que é resultado de fontes de energia não renováveis.

Biometano

O biometano é produzido através da limpeza e da purificação do biogás, e também é constituído, em sua maior parte, por metano. Esse combustível pode ser obtido em estações de tratamento de águas residuais, assim como em aterros sanitários e resíduos pecuários.

O uso da bioenergia no Brasil

De acordo com dados obtidos da International Energy Agency — IEA, em 2019, cerca de 46,2% da energia produzida no Brasil provém de fontes renováveis. Além disso, no país, a produção de bioenergia está relacionada principalmente ao uso de fontes primárias.

Dessa forma, o bagaço da cana-de-açúcar é muito utilizado na geração de bioenergia, correspondendo a cerca de 18% da matriz energética do país. A madeira também é grandemente utilizada nesse processo em território nacional.

Um ponto interessante é que, depois da hidroeletricidade, a biomassa é a fonte mais utilizada para produzir eletricidade no país. Isso foi indicado pela Resenha Energética Brasileira, que também apontou que a bioenergia corresponde a 29,9% da matriz de energia no Brasil.

Por fim, sabemos que o maior potencial de produção de energia por meio da biomassa é na região Sudeste, principalmente em São Paulo. Além disso, segundo a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação — FAO, o Brasil ocupa a segunda posição na produção de bioetanol no mundo.

Qual a importância da bioenergia?

O uso da bioenergia apresenta uma série de vantagens, sobretudo no aspecto sustentabilidade. Isso ocorre porque trata-se de uma fonte de energia limpa, ou seja, que emite menos poluentes que os combustíveis tradicionais, além de não alterar a composição da atmosfera, como as outras fontes de energia.

Além disso, a bioenergia é renovável, já que a energia gerada permite o reaproveitamento de resíduos que geralmente são descartados. Essas características fazem com que seu uso ofereça menos riscos ao meio ambiente, não colaborando para a intensificação do efeito estufa.

Por fim, a bioenergia possui baixo custo e poucos investimentos em sua produção. Com isso, ela representa uma alternativa aos combustíveis convencionais, que são fontes não renováveis de energia e que poluem extremamente o meio ambiente.

Desvantagens no uso da bioenergia

Apesar de ser uma ótima fonte alternativa de energia, o uso da bioenergia ainda apresenta alguns problemas ao meio ambiente. Isso ocorre porque, para sua produção agrícola, é feito o desmatamento de grandes áreas para retirada de cobertura vegetal. Também é necessário grande quantidade de água nesse processo.

A queima da biomassa também é responsável pela emissão de gases tóxicos e materiais particulados, que podem provocar o aumento das chuvas ácidas, contaminação de corpos de água e formação de metilmercúrio, substância altamente nociva ao homem. Além disso, existe a dificuldade no transporte e armazenamento da biomassa sólida.

Por fim, existem problemas relacionados à sua eficácia, já que a bioenergia é um combustível que apresenta eficiência reduzida. Ela também possui menor poder calorífico em relação a outros combustíveis, e sua produção agrícola pode prejudicar a geração de alimentos.No entanto, mesmo com esses problemas, utilizar a bioenergia ainda é um ótimo recurso alternativo às fontes de energia convencionais. Contudo, é necessário criar soluções para que seu uso não cause grandes impactos ao meio ambiente e à produção de alimentos. Gostou do nosso conteúdo? Não deixe de ler também nosso texto sobre energia solar para manter sua propriedade mais sustentável e diminuir seus gastos com energia elétrica!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.